CadÚnico convoca beneficiários HOJE (19/03) para regularizar situação cadastral; veja como fazer online

Famílias devem regularizar o CadÚnico para continuarem tendo acesso aos benefícios dele, inclusive o Bolsa Família. Atualização pode ser feita facilmente pela internet de forma gratuita; veja como.

CadÚnico convoca beneficiários HOJE (19/03) para regularizar situação cadastral; veja como fazer online (Imagem: FDR)

O CadÚnico dá acesso a diversos programas de distribuição de renda, como o Bolsa Família. A atualização dos dados é um dos principais requisitos para ser contemplado e para continuar recebendo os depósitos.

Inclusive, o governo federal já anunciou que vai fazer uma nova fiscalização no Cadastro e no Bolsa Família. Com isso a atualização passou a ser ainda mais urgente.

Atualização do CadÚnico pela internet

  • Primeiro é necessário baixar o aplicativo oficial
  • É necessário ter conta Gov.br cadastrada para acessar, caso ainda não possua é só criar um cadastro.
  • O sistema deve exibir banner que indica:
    • Vermelho – cadastro desatualizado;
    • Amarelo – cadastro prestes a ficar desatualizado;
    • Verde – todas as informações atualizadas
  • Virtualmente só é possível fazer a atualização por confirmação, ela é usada apenas quando nenhuma das informações do cidadão mudou, ou seja, ele vai apenas confirmar os seus dados.
  • Caso precise alterar alguma informação é necessário procurar uma unidade do CRAS com:  documento de identificação com foto; CPF; carteira de trabalho; certidão de nascimento.; comprovante de residência.
  • Lembrando que os documentos de identificação e de renda necessários são de todos os membros da família.
  • O Ministério do Desenvolvimento disponibiliza o número 0800 707 2003 para consultas sobre o Cadastro Único. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.

Cadastro Único

  • Ele foi criado para possibilitar o acesso de famílias em vulnerabilidade social aos programas de redistribuição de renda.
  • Para se cadastrar é necessário ter renda mensal de até meio salário-mínimo por pessoa.
  • A partir dele é possível acessar o Bolsa Família, BPC, a Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros programas.

Nossa colunista Laura Alvarenga te explica como aproveitar a Tarifa Social de Energia Elétrica, confira.

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.