INSS revela data do primeiro pagamento do 13º salário em 2024

Realizado anualmente, o pagamento do 13º salário do INSS é aguardado por milhões de aposentados e pensionistas pelo Instituto. Tradicionalmente o Governo Federal tem liberado a parcela de forma antecipada como medida para aquecer a economia do país. Neste ano, a expectativa é de que o mesmo aconteça.

INSS revela data do primeiro pagamento do 13º salário em 2024. (Imagem: FDR)

Recentemente, o INSS deu o primeiro indicativo de antecipação da parcela do 13º salário. Até pouco tempo o Instituto ainda não havia se pronunciado sobre o caso, gerando apreensão entre os aposentados e pensionistas.

Isso porque, sem a antecipação, o calendário do INSS prevê a liberação do pagamento apenas durante os meses de agosto e novembro. O pagamento aconteceria em diferentes datas porque o 13º salário é dividido em duas parcelas.

No entanto, o Instituto Nacional do Seguro Social indicou a possibilidade de antecipação em 2024. Agora, a expectativa é de que os recursos sejam disponibilizados ainda durante o primeiro semestre do ano. Isso porque, caso seja antecipado, o pagamento será efetuado nos meses de maio e junho.

Saiba mais sobre a liberação do 13º salário do INSS:

  • O benefício é um direito de todos os aposentados e pensionistas pelo Instituto;
  • Os recursos representam uma parcela extra do pagamento mensal;
  • Para quem passou a receber pagamentos do INSS depois do início do ano o pagamento é proporcional;
  • Para descobrir o valor o segurado deverá dividir o total do seu pagamento mensal por 12;
  • Em seguida ele precisará multiplicar o resultado pelo número de meses em que receberá o benefício no ano;
  • Por fim, o resultado obtido será o valor do pagamento do 13º salário;
  • O benefício é depositado na conta bancária em conjunto com o valor mensal do pagamento do Instituto.

Confira outros detalhes sobre os pagamentos do INSS neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.