INSS corta aposentadoria de Martinho da Vila; descubra se a sua também está em risco

Na última semana foi muito falado pela imprensa o caso do cantor Martinho da Vila, que atualmente move um processo na Justiça contra o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). O motivo é que o artista está dois anos sem receber sua aposentadoria, após ter sido cortado da lista de contemplados pelo benefício. 

INSS
INSS corta aposentadoria de Martinho da Vila; descubra se a sua também está em risco (Imagem: FDR)

Martinho José Ferreira, o Martinho da Vila, entrou com a ação na Justiça em setembro de 2023 pedindo a devolução de dois anos de pagamento da sua aposentadoria que havia sido cortada. O benefício deixou de ser pago em julho de 2021, e a justificativa do INSS é de que o corte aconteceu devido a falta de prova de vida

Falta de prova de vida pode cortar o benefício do INSS?

No caso de Martinho da Vila, sim. Isso porque, na época em que sua aposentadoria foi cortada a prova de vida presencial estava suspensa devido a pandemia de Covid-19 e uma decisão do governo da época. Desde o início do ano passado a comprova de vida já não é mais responsabilidade do aposentado, mas sim do próprio INSS.

Segundo a defesa do cantor, entre outubro de 2022 e junho de 2023, Martinho fez 13 vezes a comprovação de que está vivo. Ainda assim, o pagamento da aposentadoria só foi retomado em dezembro do ano passado, após a ação judicial.

O que vale como prova de vida pelo INSS?

Hoje, os aposentados já não precisam mais se preocupar. Atividades cotidianas são usadas como prova de vida do INSS, sendo que o objetivo é justamente facilitar o reconhecimento de vida dessas pessoas. 

Por isso, vale como comprovação de que continua com o CPF ativo situações como:

  • Fazer login no Meu INSS usando conta de nível prata ou ouro do Gov.br;
  • Contratar empréstimo, financiamento ou qualquer serviço bancário;
  • Registrar consulta médica em uma das redes atendidas pelo SUS;
  • Emitir documentos com biometria;
  • Atualizar sua caderneta de vacinação.

Como saber se a aposentadoria está em risco?

O INSS vai emitir um alerta para o aposentado, pensionista ou segurado avisando que há risco do seu benefício ser cortado. A partir disso, conforme orientação da própria Previdência, cabe ao cidadão cumprir com sua obrigação para voltar a receber o salário dentro do prazo estipulado. 

 

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]