INSS muda juros do empréstimo consignado e deixa brasileiros ANIMADOS com novidade

Conselho da Previdência decidiu reduzir os juros do empréstimo consignado do INSS e do cartão de crédito. As novas taxas devem começar a serem aplicadas em poucos dias. Veja os novos percentuais.

INSS muda juros do empréstimo consignado e deixa brasileiros ANIMADOS com novidade (Imagem: FDR)

 

Boa notícia para os brasileiros, os juros do empréstimo consignado e do cartão de crédito foram reduzidos. A ação deve beneficiar os aposentados e pensionistas do INSS que terão acesso a serviços mais baratos.

O empréstimo consignado é aquele em que a parcela mensal é descontada direto na folha de pagamento. Ou seja, o cliente não precisa se preocupar em pagar as parcelas, o que reduz os atrasos e a cobrança de juros.

Nova taxa os juros do empréstimo consignado do INSS e do cartão de crédito

  • ·         Por decisão do Conselho da Previdência, os juros do consignado passam de 1,76% para 1,72% ao mês.
  • ·         Enquanto os juros do cartão de crédito vão de 2,61% para 2,55% ao mês.
  • ·         As novas taxas começam a valer após cinco dias úteis a partir da data de publicação da resolução.
  • ·         Depois disso, os bancos e instituições financeiras estão proibidas de cobrar taxas superiores.
  • ·         A redução dos juros é resultado das quedas na taxa Selic, iniciada em agosto do ano passado, veja o que muda com esse movimento.

Empréstimo consignado do INSS

  • ·         O consignado do INSS é uma modalidade de empréstimo controlada pela Previdência.
  • ·         Nas regas, o beneficiário do INSS só pode comprometer até 45% da sua renda com empréstimo.
  • ·         Dentro desse percentual 35% são em empréstimo pessoal; 5% em cartão de crédito e 5% em cartão de benefício.
  • ·         As taxas de juros são limitadas e definidas pelo Conselho, mas, os bancos têm a liberdade de fixar taxas próprias, desde que respeitem a determinação do Conselho.
  • ·         O prazo para pagamento do empréstimo é de 84 meses, ou seja, 7 anos.
  • ·         O Banco Central tem uma página onde você pode consultar as taxas cobradas por todas as instituições bancárias.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.