Novo valor do Salário Família é confirmado: veja como receber em 2024

O INSS divulgou as atualizações referentes ao salário família para o ano de 2024, apresentando ajustes tanto nos valores destinados aos beneficiários quanto nos critérios para elegibilidade ao benefício. Veja abaixo todas as mudanças e novidades nos pagamentos.

Com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do último ano, o INSS procedeu com reajustes em todos os pagamentos, com exceção dos salários equivalentes ao piso, que permanecem vinculados ao salário mínimo nacional.

Entenda as principais mudanças:

  • Em 2023: O benefício era destinado a indivíduos com renda de até R$ 1.754,18 mensais, proporcionando uma cota de R$ 59,82 por filho.
  • Em 2024: A partir de agora, o salário família será concedido àqueles que possuem renda de até R$ 1.819,26 por mês, com uma cota de R$ 62,04 por filho.

Essas alterações visam adequar o benefício às flutuações econômicas e assegurar sua efetividade em auxiliar nas despesas relacionadas aos dependentes.

Quem tem direito ao Salário Família?

O procedimento para solicitar o salário família no INSS é aplicável apenas a indivíduos que estejam recebendo benefícios previdenciários, como o auxílio-doença. Caso contrário, a requisição deve ser dirigida diretamente ao empregador, geralmente no setor administrativo e/ou de recursos humanos.

Ambos os genitores, pai e mãe, têm direito ao benefício, desde que cumpram os requisitos estabelecidos para o recebimento do pagamento. Tais requisitos incluem:

  • Ser trabalhador com carteira assinada;
  • Ter salário máximo de R$ 1.819,26 por mês;
  • Possuir dependente (filho ou enteado) com até 14 anos, ou deficiente de qualquer idade.

Essas regras tem como função garantir que o salário família seja direcionado de forma precisa, proporcionando suporte financeiro essencial para lidar com as despesas adicionais associadas à criação de crianças.

De modo geral, as atualizações promovidas pelo INSS reafirmam o compromisso em manter o salário família alinhado às condições econômicas atuais, visando oferecer um suporte significativo às famílias que dependem desse benefício.

Ariel França
Jornalista especializado em Direito Administrativo, Gestão Pública e Administração Geral. Possui mais de uma década de experiência em produção de conteúdo para a internet.