Desenrola Fies garante 99% de DESCONTO nas dívidas dos estudantes

Pontos-chave
  • Os interessados têm até maio para negociar a dívida do FIES;
  • Há chance de conseguir isenção de multas e juros;
  • Os acordos podem ser feitos online.

No último ano o governo federal criou o programa Desenrola Fies, com os mesmos traços do Desenrola Brasil. Mas, como o próprio nome indica, a ideia é permitir que seja feita a negociação das dívidas ligadas ao FIES (Fundo de Financiamento Estudantil). Já foram 196,7 mil beneficiados.

Desenrola Fies garante 99% de DESCONTO nas dívidas dos estudantes
Desenrola Fies garante 99% de DESCONTO nas dívidas dos estudantes (Imagem: FDR)

O Desenrola Fies já beneficiou 196.776 mil pessoas desde o último levantamento feito pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), em 5 fevereiro de 2024. O programa foi lançado em novembro do ano passado, e desde então quem está endividado pode conseguir acordos vantajosos. 

A dívida do FIES é somada quando o estudante concluí os cursos de ensino superior, mas não consegue fazer o pagamento das parcelas que foram financiadas. A ideia do programa é que ao conseguir seu espaço no mercado de trabalho o cidadão consiga dar início ao pagamento do seu curso.

Isso significa que primeiro você estuda e depois paga pela sua formação. Mas, nem sempre esse pagamento é possível. Desde o lançamento do Desenrola Fies já mais de R$ 9 bilhões em dívidas foram renegociados. E com a parcela de entrada R$ 382.140.568,09 já retornaram aos cofres públicos.

Quem tem um contrato de financiamento ativo em seu nome, mas que está com dívida, pode fazer a negociação até o dia 31 de maio de 2024. Enquanto o governo estima que ainda hajam 1 milhão de pessoas negativadas pelo Fies, o programa já tirou 18% dos devedores do vermelho

Quem pode participar do Desenrola Fies?

Infelizmente, nem todos inadimplentes conseguirão se beneficiar com o programa Desenrola Fies. Isso porque, o governo federal definiu quem são os grupos autorizados a fazer o acordo com as condições mais atrativas de pagamento.

A ideia é beneficiar quem deu início ao contrato de financiamento antes mesmo de começar a pandemia. A dívida, porém, pode ser adquirida depois desse período. Sendo que, ficam autorizados a negociar:

  • estudantes que firmaram seus contratos até 2017 e estavam inadimplentes em 30 de junho de 2023.

Os contratos devem ter sido firmados nos bancos públicos, como a Caixa Econômica ou o Banco do Brasil. 

Condições de pagamento pelo Desenrola Brasil

As condições de pagamento pelo Desenrola Fies vão depender do perfil do devedor. Quem vive em condição de baixa renda contará com as opções de mais vantajosas, e pode conseguir diminuir a quantia da dívida original.

  • Estudantes com débitos vencidos e não pagos havia mais de 90 dias, em 30 de junho de 2023:
    • desconto de até 100% sobre encargos (juros e multas pelo atraso no pagamento) e de 12% sobre o valor financiado pendente, para pagamento à vista;
    • ou parcelamento em até 150 parcelas mensais e sucessivas do valor financiado pendente, com desconto de 100% dos encargos (juros e multas pelo atraso no pagamento), mantidas as demais condições do contrato (ou seja, ficam mantidas as condições de garantia e eventuais taxas de juros do contrato).
  • Estudantes com débitos vencidos e não pagos havia mais de 360 dias, em 30 de junho de 2023, que estejam inscritos no CadÚnico ou que tenham sido beneficiários do Auxílio Emergencial 2021:
    • desconto de até 99% do valor consolidado da dívida, inclusive principal, por meio da liquidação integral do saldo devedor em até 15 prestações mensais e sucessivas.
  • Estudantes com débitos vencidos e não pagos havia mais de 360 dias, em 30 de junho de 2023, que não se enquadrem na hipótese prevista no item anterior:
    • desconto de até 77% do valor consolidado da dívida, inclusive principal, por meio da liquidação integral do saldo devedor em até 15 prestações mensais e sucessivas.

Como fazer acordo pelo Desenrola Fies?

Quem está com dívidas em seu nome devido ao contrato de financiamento e pretende contar com o Desenrola Fies, precisará procurar os bancos públicos. É possível usar os recursos online, como site, canal de WhatsApp ou aplicativo. E ainda, comparecer pessoalmente até a agência mais próxima.

Negociação pela Caixa Econômica

  • Entre no site sifesweb.caixa.gov.br/;
  • Faça login no site com CPF e senha;
  • Escolha a opção “Contrato Fies” e, depois, “renegociação” no menu do site;
  • Confira as opções de renegociação disponíveis e escolha uma delas;
  • Confirme o prazo de pagamento e os seus dados cadastrais, que podem ser atualizados se for preciso;
  • Leia o termo de adesão, confirme a leitura e imprima o boleto para realizar o pagamento da entrada;
  • Faça o pagamento do boleto até o vencimento para confirmar a renegociação.

Também é possível usar o App FIES Caixa, buscando pela opção “Renegociação”.

Negociação pelo Banco do Brasil

  • Acesse o App do Banco do Brasil e faça login;
  • Clique em “Solução de dívidas”;
  • Escolha “Renegociação Fies”;
  • Confirma a proposta de acordo e emita o boleto para pagamento.

O banco também disponibiliza o WhatsApp (61) 4004-0001 e os telefones 4004-001 para capitais e 0800 729 0001 para outras localidades.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]