Mudanças no PIS/PASEP 2024 afetam pagamentos de março prejudicando os trabalhadores

Uma reformulação nas regras do PIS/PASEP 2024 impactará cerca de 24,5 milhões de trabalhadores. A principal alteração consiste na unificação do critério de saque, vinculando-o à data de aniversário do beneficiário, independentemente de parâmetros anteriores.

Mudanças no PIS/PASEP 2024 afetam pagamentos de março prejudicando os trabalhadores
Mudanças no PIS/PASEP 2024 afetam pagamentos de março prejudicando os trabalhadores. (Imagem: FDR)

O abono salarial do PIS/PASEP 2024 terá seu valor determinado com base no salário mínimo nacional. Com a recente atualização, o montante base para os benefícios será de R$ 1.412 ao longo deste ano.

Aprovado pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) em dezembro de 2023, o calendário de pagamentos do PIS/PASEP 2024 estima que cerca de 24,5 milhões de trabalhadores receberão o abono salarial em 2024. O desembolso total previsto é de R$ 23,9 bilhões.

O saque do PIS/PASEP 2024 é dividido em duas etapas. O Programa de Integração Social (PIS) é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada e administrado pela Caixa Econômica Federal (CEF).

Já o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) é devido a servidores e funcionários de empresas públicas e gerido pelo Banco do Brasil (BB), cujos benefícios são liberados de forma escalonada.

Calendário do PIS/PASEP 2024

PIS

PASEP

CALENDÁRIO E REGRAS DO PIS/PASEP 2024: TODAS AS DATAS, VALOR E QUEM VAI RECEBER O ABONO SALARIAL

Quem tem direito ao saque do PIS/PASEP 2024?

Para receber o PIS/PASEP, o trabalhador precisa constatar o direito ao abono salarial no ano de referência, neste caso, 2022. Em todo o caso, as regras de elegibilidade não foram alteradas nos últimos anos. Sendo assim, é preciso estar de acordo com os seguintes critérios:

Muitas pessoas se concentram apenas no fato de terem trabalhado por alguns meses durante o ano de referência para o pagamento. Contudo, se esquecem que é preciso ter, pelo menos, cinco anos de carteira assinada, sejam eles consecutivos ou não. Do contrário, o PIS/PASEP não é liberado. 

O trabalhador também deve se atentar ao período padrão de inscrição no PIS/PASEP, que é de cinco anos. Somente após este tempo o trabalhador terá direito de receber o primeiro abono salarial, mesmo que já cumpra todos os outros requisitos.

Valor do PIS/PASEP 2024

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.
Sair da versão mobile