Bolsa Família bloqueado: Veja como desbloquear os pagamentos do seu benefício

O cancelamento nos pagamentos do Bolsa Família é uma realidade enfrentada por muitas famílias devido à falta de atualização do Cadastro Único (CadÚnico) ou ao descumprimento das regras que regem os pagamentos. Veja abaixo algumas orientações para resolver esse problema.

Bolsa Família fará revisão em sete milhões de cadastros; descubra se seu benefício está ameaçado
Bolsa Família bloqueado: Veja como desbloquear os pagamentos do seu benefício (Imagem: FDR)

Os cancelamentos no Bolsa Família fazem parte de um processo de reconstrução do Cadastro Único. Essa plataforma mapeia famílias de baixa renda no Brasil e busca corrigir distorções identificadas pela CGU e TCU, além de investigações judiciais.

De acordo com o Governo Federal, as informações do CadÚnico serão cruzadas com dados de outros órgãos federais, incluindo a Receita Federal, responsável por fiscalizar as movimentações financeiras dos brasileiros.

Se forem identificadas irregularidades, como renda superior ao limite do programa, os beneficiários serão notificados e, em alguns casos, terão o Bolsa Família cortado.

PAGAMENTO DO BOLSA FAMÍLIA BLOQUEADO: VEJA O QUE FAZER PARA DESBLOQUEAR O VALOR E VOLTAR A RECEBER

Como evitar o bloqueio do Bolsa Família

Para evitar o bloqueio do benefício, é fundamental manter os dados atualizados no CadÚnico. Esse processo de atualização deve ser feito periodicamente, e as famílias que não realizaram o procedimento nos últimos 24 meses também correm o risco de ter o benefício cortado.

Para atualizar seus dados é preciso comparecer até uma unidade do CRAS próxima à residência da família. É necessário apresentar o documento de identificação com foto do responsável familiar e o CPF dos demais membros da família.

Em caso de mudança de endereço ou outras alterações na composição familiar, como nascimentos e mortes, também será exigido um documento comprovando a mudança. Também é importante atualizar o telefone e celulares dos membros da família, caso haja alguma mudança.

Para ter mais detalhes sobre o dia do depósito do benefício na sua conta, basta fazer uma consulta usando o CPF e o Número de Identificação Social (NIS) no site ou aplicativo do Cadastro Único.

Ariel França
Jornalista especializado em Direito Administrativo, Gestão Pública e Administração Geral. Possui mais de uma década de experiência em produção de conteúdo para a internet.
Sair da versão mobile