Terror do INSS: conheça a história do idoso que viralizou nesta semana

Pontos-chave
  • Nascido em 3 de fevereiro de 1901, em Firminópolis, o “Terror do INSS” permanece em boa saúde e cheio de vitalidade;
  • A divulgação dos pagamentos dos benefícios do INSS para fevereiro já está disponível;
  • O Terror do INSS, incluindo os demais aposentados, estão sendo convocados para realizar a prova de vida. 

No último sábado, 3, Andrelino Vieira da Silva, conhecido como “Terror do INSS”, celebrou seus 123 anos em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. 

Terror do INSS: conheça a história do idoso que viralizou nesta semana
Terror do INSS: conheça a história do idoso que viralizou nesta semana. (Imagem: FDR)

Nascido em 3 de fevereiro de 1901, em Firminópolis, o “Terror do INSS” permanece em boa saúde e cheio de vitalidade, conforme relato da família. Ao longo da vida, Andrelino foi casado, teve sete filhos (cinco ainda vivos), 13 netos, 16 bisnetos e um tataraneto.

Durante as festividades de seus 121 anos, Andrelino Vieira da Silva foi surpreendido com um bolo temático acompanhado de uma placa irônica que o denominava como “O Terror do INSS”

A imagem ganhou destaque na internet, transformando-o em uma figura reconhecida nas ruas, com pessoas solicitando fotos. A neta relata que, diante da notoriedade, Andrelino, ao ser abordado, brinca dizendo que inventam histórias sobre ele.

A repercussão também levou o Governo Federal a prestar uma homenagem a Andrelino, presenteando-o com uma placa. Na mensagem, destacava-se que ele não era o “Terror do INSS”, mas sim uma bênção para o órgão, desejando-lhe muitos anos de vida.

Terror do INSS se prepara para pagamentos de fevereiro

A divulgação dos pagamentos dos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para fevereiro já está disponível, com previsão de início dos depósitos a partir do dia 23

Cerca de 39 milhões de benefícios do INSS serão distribuídos, abrangendo natureza assistencial e previdenciária, incluindo aposentadorias, auxílios, pensões, salários família, maternidade, pecúlio e seguro-defeso. 

As datas variam de acordo com o valor do benefício, sendo distintas para valores até um salário mínimo e para rendas superiores. Para verificar a data de pagamento do INSS, basta observar o último dígito do cartão de benefício, sem considerar o dígito verificador após o traço. 

Por exemplo, se o cartão termina em 123456789-0, o dígito relevante é o 9. Beneficiários com histórico de recebimento seguem o padrão comum de pagamento. Confira a seguir, o calendário de pagamentos do INSS em fevereiro e o passo a passo da consulta.

Calendário de pagamentos do INSS em fevereiro

Benefícios de até um salário mínimo

  • Benefício final 1: 23 de fevereiro;
  • Benefício final 2: 26 de fevereiro;
  • Benefício final 3: 27 de fevereiro;
  • Benefício final 4: 28 de fevereiro;
  • Benefício final 5: 29 de fevereiro;
  • Benefício final 6: 1 de março;
  • Benefício final 7: 4 de março;
  • Benefício final 8: 5 de março;
  • Benefício final 9: 6 de março;
  • Benefício final 0: 7 de março.

Benefícios acima de um salário mínimo

  • Benefícios finais 1 e 6: 1 de março;
  • Benefícios finais 2 e 7: 4 de março;
  • Benefícios finais 3 e 8: 5 de março;
  • Benefícios finais 4 e 9: 6 de março;
  • Benefícios finais 5 e 0: 7 de março.

Consulta do extrato do INSS

O acesso ao extrato do INSS pode ser obtido por meio do aplicativo do INSS e do site Meu INSS, utilizando o login único da conta Gov.br. Tanto no aplicativo quanto no site, o segurado pode consultar informações cruciais.

A consulta inclui o extrato de pagamento de benefícios, os valores a serem recebidos no próximo calendário e as datas de pagamento. Além disso, é possível agendar ou remarcar perícias e utilizar outros serviços relacionados aos benefícios da seguridade social.

Terror do INSS está sujeito à prova de vida

O Terror do INSS, incluindo os demais aposentados, pensionistas e aqueles que recebem auxílios de longa duração, estão sendo convocados para realizar a prova de vida. 

Desde 2023, o INSS utiliza o cruzamento de informações de diversos órgãos para verificar a validade dos beneficiários. Neste processo, a autarquia identificou 4,3 milhões de beneficiários, nascidos em janeiro, fevereiro e março, que não foram encontrados em nenhuma base de dados. 

Esses beneficiários estão sendo notificados por meio do aplicativo Meu INSS, número 135 ou notificação bancária, com a orientação de realizar a prova de vida nos próximos 60 dias, sob o risco de bloqueio do pagamento.

Formatos de prova de vida do INSS

O INSS aceita diferentes registros como prova de vida. São eles:

  • Acesso ao aplicativo Meu INSS com o selo ouro ou outros aplicativos e sistemas dos órgãos e entidades públicas que possuam certificação e controle de acesso, no Brasil ou no exterior;
  • Contratação de empréstimo consignado, efetuado por reconhecimento biométrico;
  • Atendimento presencial nas agências do INSS ou por reconhecimento biométrico nas entidades ou instituições parceiras;
  • Realização de perícia médica, por telemedicina ou presencial;
  • Atendimento no sistema público de saúde ou na rede conveniada;
  • Vacinação;
  • Cadastro ou recadastramento nos órgãos de trânsito ou segurança pública;
  • Atualizações no CadÚnico – quando for efetuada pelo responsável pelo grupo;
  • Votação nas eleições;
  • Emissão/renovação de passaporte, carteira de motorista; carteira de trabalho; carteira de identidade e alistamento militar;
  • Declaração de Imposto de Renda, como titular ou dependente.

Se uma pessoa tomar vacina contra a gripe em um posto de saúde da rede pública, por exemplo, essa ação vai compor um “pacote de informações” que o INSS vai reunindo ao longo do ano.

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.