Banco Central anuncia R$ 7,59 bilhões disponíveis para saque por brasileiros; confira lista

Sistema do Banco Central já devolveu mais de R$ 5 bilhões, mas, ainda tem muito dinheiro esquecido. Apenas 29,4% das pessoas que têm direito aos valores fizeram o resgate. Consulta e solicitação de saque podem ser feitas pela internet sem custo algum.

Banco Central anuncia R$ 7,59 bilhões disponíveis para saque por brasileiros; confira lista
Banco Central anuncia R$ 7,59 bilhões disponíveis para saque por brasileiros; confira lista (Imagem FDR)

Segundo o Banco Central, 17.928.779 de brasileiros fizeram o resgate dos valores disponíveis. Ao todo, atualmente o sistema tem disponível R$ 7,59 bilhões em recursos esquecidos que ainda não foram solicitados. Os dados foram atualizados pelo BC na última quarta-feira, 07.

O Sistema Valores a Receber (SVR) foi iniciado em fevereiro de 2022, os R$ 13,33 milhões disponibilizados inicialmente apenas R$ 5,74 bilhões foram sacados.

Valores esquecidos no Banco Central

  • O sistema conta com 63,49% de beneficiários com direito a valores até R$ 10.
  • 25,11% têm direito a saques entre R$ 10,01 e R$ 100.
  • 9,68% têm direito a valores entre R$ 100,01 e R$ 1 mil.
  • E apenas 1,73% receberão valores acima de R$ 1 mil.
  • O sistema foi reaberto em março de 2023 após quase um ano fechado.
  • Agora, novos recursos estão disponíveis para a população.
  • Muitos não sabem, mas é possível fazer o saque de valores em nome de pessoas já falecidas, veja como.

Como sacar os valores esquecidos no Banco Central?

  • O primeiro passo é consultar se você tem algum valor para ser resgatado, basta acessar o site oficial do BC.
  • Você vai precisar apenas do seu número de CPF e da data de nascimento.
  • Após isso existem duas formas de fazer a retirada:
    • Diretamente com a instituição bancária responsável pelo dinheiro, caso tenha valor a receber os dados da instituição serão informados.
    • Fazer a solicitação de resgate pelo próprio sistema. Essa opção só está disponível para as instituições que aderiram ao Termo do Banco Central e que você vai precisar de uma chave Pix (que não pode ser a aleatória).

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.