INSS emite comunicado sobre o benefício suspenso por falta de prova de vida

Um importante comunicado foi emitido pelo INSS para tranquilizar os segurados que precisam fazer a prova de vida. Beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social devem ficar atentos aos canais de comunicação oficial. Entenda melhor.

INSS emite comunicado sobre o benefício suspenso por falta de prova de vida (Imagem: FDR)
INSS emite comunicado sobre o benefício suspenso por falta de prova de vida (Imagem: FDR)

A prova de vida feita pelo INSS é a forma de o Instituto comprovar que o segurado está vivo e precisa continuar recebendo o benefício. Através dela é possível impedir fraudes e o desvio de verbas. No entanto, esse procedimento gera preocupação entre os segurados.

Isso porque circulam notícias de que o INSS iria suspender o pagamento de quem não fizer o procedimento. Sobre o isso o Instituto Nacional do Seguro Social acaba de emitir um comunicado.

Prova de vida do INSS

  • O Instituto informou que não vai suspender os benefícios de seus segurados.
  • Também orientou que eles não se dirijam às agências bancárias ou da Previdência Social.
  • Isso porque a prova de vida mudou nos últimos anos.
  • Agora, ela é feita pelo próprio INSS através do cruzamento de bancos de dados de divers órgãos.
  • Por exemplo, quando um segurado realiza uma transação bancária que necessita de sua assinatura ou do reconhecimento facial, é entendido que ele continua vivo.

Comunicado do INSS via app ou rede bancária

  • A notícia sobre a necessidade da prova de vida se espalhou após o envio de comunicado (push) pelo aplicativo Meu INSS e pela rende bancária.
  • Ao todo 961.868 pessoas nascidas entre janeiro e fevereiro foram informadas sobre a necessidade do procedimento.
  • Mesmo essas pessoas que receberam a notificação não precisam se deslocar a uma agência.
  • O próprio INSS fará a busca ativa e a comprovação presencialmente nas residências dos segurados.
  • Por isso, nesse momento o ideal é que todos os segurados confiram no aplicativo se seus dados cadastrais estão atualizados, principalmente o endereço residencial.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.