INSS amplia lista de doenças para receber benefício; confira quais

O INSS realizou uma ampliação na sua lista de doenças que cedem o benefício mensal pelo órgão. A notícia pegou muitas pessoas de surpresa, tendo em vista que estas poderão realizar a solicitação de um valor mensal pela Previdência Social. Acompanhe os detalhes abaixo.

Aposentadoria ANTECIPADA: veja como adiantar a aprovação do INSS
INSS amplia lista de doenças para receber benefício; confira quais (Imagem: FDR)

Agora, os cidadãos que possuem algum tipo de transtorno mental será contemplado pelo INSS. Este pagamento pode vir através de dois programas conhecidos pelos cidadãos, sendo eles a aposentadoria por invalidez e o Benefício por incapacidade temporária, também conhecido como auxílio doença.

Em 2023, 288.865 pessoas foram beneficiadas pelos programas do INSS focado em ajudar os cidadãos que são vítimas de algum transtorno psicológico. A medida busca impedir que estes brasileiros precisem trabalhar para manter as contas da sua casa. Então, veja abaixo mais detalhes sobre a informação.

INSS garante o pagamento para os cidadãos que precisam de suporte

Entre as principais causas que levam o cidadão à solicitação de um benefício do INSS, estes são os principais transtornos que foram constatados pela Previdência Social:

  • transtornos obsessivos compulsivos
  • transtornos de ansiedade (como síndrome do pânico e fobias)
  • transtorno do espectro autista
  • transtorno bipolar
  • transtornos depressivos
  • transtornos esquizoafetivos
  • transtornos por causa do uso de álcool

No caso de aposentadoria por invalidez, o cidadão contemplado pelo INSS recebe um pagamento mensal avaliado no piso salarial em vigência. Atualmente, o valor pago é de R$ 1.412, que é o valor do salário mínimo.

Documentos para ter acesso ao benefício

Entre as documentações solicitadas pelo INSS, existem algumas que são certas que precisam estar presentes. Entre elas, está o seu documento de identificação com foto, CPF e um atestado médico recente que comprove a sua condição.

É fundamental manter as suas informações atualizadas no órgão federal para evitar que o seu benefício seja suspenso e os seus pagamentos não sejam efetuados no dia previsto. Para mais informações, clique aqui e saiba mais.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e [email protected].