Liberado pagamento do BPC para idosos com menos de 65 anos? Confira regras

Pago mensalmente pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), o BPC libera um salário mínimo para idosos com mais de 65 anos que vivem em situação de vulnerabilidade social no Brasil. No entanto, um projeto prevê a liberação do benefício para idosos com menos de 65 anos.

Liberado pagamento do BPC para idosos com menos de 65 anos? Confira regras
Liberado pagamento do BPC para idosos com menos de 65 anos? Confira regras. (Imagem: FDR)

A mudança deverá contemplar os cidadãos que ainda não se enquadram no critério de idade mas já estão dentro da renda necessária para obter o direito ao benefício. Atualmente, o critério estabelecido pelo Governo Federal prevê a liberação dos recursos para quem tem renda de no máximo R$ 218 por pessoa.

Além disso, o BPC só é liberado para quem está devidamente cadastrado no CadÚnico. Vale lembrar que, mesmo após o cadastro, também é necessário realizar a atualização constante dos dados.

Entenda como funciona o pagamento do BPC:

  • Benefício atende idosos em vulnerabilidade socioeconômica;
  • Além deste grupo, também são beneficiadas pessoas com deficiência que possuam baixa renda, independente da idade;
  • Após realizar o cadastro no CadÚnico, o cidadão deve solicitar o benefício ao INSS;
  • Para tal, é preciso agendar um atendimento no órgão;
  • Caso tenha o pedido aprovado, o cidadão passará a receber o benefício na conta bancária de sua escolha;
  • No caso das pessoas com deficiência, também é preciso passar por perícia médica no INSS para garantir o pagamento;
  • O processo é necessário para a comprovação da condição de saúde que dá direito ao BPC;
  • Quem faz parte do programa social garante um pagamento de um salário mínimo por mês;
  • O dinheiro auxilia os cidadãos no pagamento de despesas básicas de saúde, residencial, entre outras;
  • Além disso, o benefício também garante outras vantagens como isenção de pagamento de alguns tributos ou tarifas.

Confira outros detalhes sobre o pagamento do BPC neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.