Reajuste na conta de luz mexe com o bolso e PREOCUPA brasileiros; confira aumento

A conta de luz está prevista para subir, em média, 5,6% em 2024, segundo projeção da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), divulgada recentemente. Esse aumento supera a inflação esperada para o ano, estimada em 3,87% pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), conforme indicado no Relatório Focus do Banco Central.

Conta de luz GRATUITA para os idosos: saiba onde solicitar e os documentos exigidos
Reajuste na conta de luz mexe com o bolso e PREOCUPA brasileiros; confira aumento (Imagem/Montagem: FDR)

A Aneel, responsável por regular o setor elétrico no país, destaca que a estimativa de reajuste está acima da inflação devido a dois fatores principais:

NOVIDADE NA CONTA DE LUZ! GOVERNO ANUNCIA MUDANÇAS NA DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

Mudanças no setor elétrico

Outro ponto relevante é o aumento dos subsídios no setor elétrico. A Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), responsável por reunir subvenções nas tarifas de energia, deve atingir a marca recorde de R$ 37,2 bilhões em 2024.

No ano anterior, essa quantia já era expressiva, chegando a R$ 34 bilhões. Desde 2010, a CDE apresenta um crescimento notável, acumulando um aumento de 269%.

Esses números refletem não apenas a necessidade de investimentos para garantir o suprimento energético, mas também a carga que os consumidores terão que suportar. Com a elevação dos custos, torna-se essencial buscar formas de lidar com esse aumento nas despesas.

Aumento na conta de luz 2024

O reajuste na conta de luz é uma preocupação para os consumidores, visto que impacta diretamente no orçamento doméstico. Com as despesas essenciais já pressionadas, é fundamental encontrar maneiras de lidar com esse aumento, buscando eficiência no consumo e alternativas para minimizar o impacto financeiro.

Diante desse cenário, é importante que os consumidores estejam atentos às suas práticas de consumo de energia. Estratégias para otimizar o uso, como a adoção de lâmpadas mais econômicas e a desativação de aparelhos em modo stand-by, podem contribuir para equilibrar as despesas no final do mês.

A previsão de aumento na conta de luz em 2024 reforça a importância de uma gestão consciente da energia, não apenas para preservar o bolso dos consumidores, mas também para promover uma utilização sustentável dos recursos disponíveis.

Ariel França
Jornalista especializado em Direito Administrativo, Gestão Pública e Administração Geral. Possui mais de uma década de experiência em produção de conteúdo para a internet.
Sair da versão mobile