Governo anuncia AUMENTO DE SALÁRIO para grupo específico; veja

Anunciado recentemente pelo Governo Federal, o concurso nacional unificado tem chamado a atenção de cidadãos de todo o país pelo diversidade de cargos disponíveis e alta remuneração. Nesta semana, um aumento de salário para um grupo específico incluído no certame foi anunciado.

Governo anuncia AUMENTO DE SALÁRIO para grupo específico; veja
Governo anuncia AUMENTO DE SALÁRIO para grupo específico; veja. (Imagem: FDR)

A atualização da remuneração foi realizada por meio da correção dos editais no concurso. A mudança fez com que alguns cargos tivessem os salários reajustados, sendo a maior parte deles com aumento nos vencimentos.

Confira quais cargos tiveram aumento de salário:

  • Especialista em estatística – R$ 10.233 para R$ 10.453;
  • Especialista em geografia – R$ 10.233 para R$ 10.453;
  • Especialista em demografia – R$ 10.233 para R$ 10.453;
  • Especialista em indigenismo – R$ 7.697 para R$ 8.263;
  • Engenheiro agrônomo – R$ 6.804 para R$ 7.296;
  • Médico – R$ 4.407 para R$ 5.513;
  • Psicólogo – R$ 5.488 para R$ 5.513;
  • Técnico assuntos educacionais – R$ 5.488 para R$ 6.761;
  • Técnico em indigenismo – R$ 5.331 para R$ 6.987.

Já para outras funções, o salário foi reajustado com diminuição. Foram eles:

  • Técnico em geografia – R$ 4.008 para R$ 3.741;
  • Especialista em Letras – R$ 9.252 para R$ 8.453.

No total, o concurso nacional unificado deverá disponibilizar mais de 6 mil vagas para o funcionalismo público. A seleção conta com diversos cargos divididos por blocos de conhecimento. Já as remuneração iniciais variam entre R$ 4 mil e cerca de R$ 23 mil.

As inscrições para o certame já estão abertas e podem ser realizadas online por meio do portal Gov.BR. A plataforma está disponível neste link. Para participar, é preciso pagar uma taxa de inscrição que é de R$ 60 para vagas de nível médio e R$ 90 para vagas de nível superior.

Os candidatos que desejam participar e estão inscritos no programa Bolsa Família terão isenção da taxa. A mesma regra é aplicada para quem está cursando ou já cursou o ensino superior por meio do FIES.

A previsão é de que as provas sejam aplicadas no mês de maio. Os locais de realização estarão disponíveis em cerca de 220 cidades do país. De acordo com o Governo Federal, o objetivo é atender a demanda dos brasileiros de todas as localidades.

Confira outros detalhes sobre a realização do concurso nacional unificado neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.