UNIFICAÇÃO do Bolsa Família não será válida em todo o país; entenda

O governo federal confirmou que vai unificar o pagamento do Bolsa Família neste mês. No entanto, não são todas as 21 milhões de famílias contempladas que receberão o benefício na mesma data. A ideia é selecionar aquelas que vivem em regiões específicas, e assim adiantar a parcela que seria paga até o fim do mês.

UNIFICAÇÃO do Bolsa Família não será válida em todo o país; entenda
UNIFICAÇÃO do Bolsa Família não será válida em todo o país; entenda (Imagem: FDR)

Na última segunda-feira (15) o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS) confirmou a unificação do Bolsa Família. De acordo com o calendário oficial as datas de depósito vão de 18 a 31 de janeiro, mas para quem reside em determinas regiões o benefício será antecipado. 

Quem vai receber na unificação do Bolsa Família?

A unificação do Bolsa Família funciona para atender os grupos que estão em regiões afetadas por algum tipo de situação de calamidade pública, ou desastre natural. O objetivo é garantir que esses grupos recebam o benefício o quanto antes e possam usá-lo para se reerguer financeiramente.

Dessa forma, eles poderão sacar a parcela de janeiro no primeiro dia de transferências, quinta-feira (18), sem a necessidade de seguir o calendário escalonado conforme o Número de Identificação Social (NIS).

Serão beneficiados com essa ação:

  • Moradores de municípios que decretaram situação de calamidade pública;
  • Exemplo: Rio de Janeiro (capital), São João do Meriti, Belford Roxo e Nova Iguaçu.

Calendário do Bolsa Família em janeiro

Para os grupos que não vão se beneficiar com a unificação do Bolsa Família, vale o calendário de janeiro que já havia sido anunciado pelo governo federal. Os depósitos acontecerão nas seguintes datas:

Número final do NIS Data de pagamento
1 18 de janeiro
2 19 de janeiro
3 22 de janeiro
4 23 de janeiro
5 24 de janeiro
6 25 de janeiro
7 26 de janeiro
8 29 de janeiro
9 30 de janeiro
0 31 de janeiro

O saque fica disponível na agência da Caixa, nas casas lotéricas ou por movimentação online usando os recursos do Caixa Tem.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]