Liberação do Bolsa Família requer atualização no Caixa Tem

Conforme comunicado recente, a liberação do Bolsa Família requer a atualização cadastral do Caixa Tem. O calendário de depósitos de janeiro começa nesta quinta-feira, 18, e vai até o dia 31 deste mês. Os valores são liberados automaticamente na conta poupança social digital dos beneficiários. 

Liberação do Bolsa Família requer atualização no Caixa Tem
Liberação do Bolsa Família requer atualização no Caixa Tem. (Imagem: FDR)

Hoje, o Caixa Tem é usado em parceria entre a Caixa Econômica e o Governo Federal para viabilizar uma série de recursos, como o Bolsa Família, Vale Gás, abono salarial, FGTS, seguro-desemprego e outros. 

Após recente atualização da plataforma, o titular do Bolsa Família pode com conta no Caixa Tem pode acessar as seguintes ferramentas e serviços:

  1. Atualização de cadastro; 
  2. Seguro Apoio Família;
  3. Informe de Rendimentos;
  4. Negociação de dívidas;
  5. Caixa Para Elas;
  6. Empréstimo;
  7. Cartão de crédito;
  8. Serviços Rapidex;
  9. Bolsa Família;
  10. Depósitos;
  11. Cartão de débito virtual;
  12. Transferências;
  13. Pix;
  14. Meu NIS;
  15. Extrato;
  16. Dicas financeiras;
  17. Consulta de comprovantes;
  18. Recarga de telefone;
  19. Pagar na lotérica;
  20. Pagar na maquininha;
  21. Pagamento de contas;
  22. Seguro-desemprego;
  23. Abono salarial;
  24. Habitação Caixa;
  25. Open Finance;
  26. Saque sem cartão. 

A escolha do governo por centralizar os depósitos do Bolsa Família no Caixa Tem consiste na possibilidade de o usuário ter acesso a mais de 10 funcionalidades diferentes sem precisar pagar por nenhuma taxa de serviço. 

O único requisito é que se atentem aos limites de transações unitárias, diárias e mensais nos valores de R$ 600, R$ 1 mil e R$ 5 mil, respectivamente. Confira abaixo, o passo a passo da atualização da plataforma.

Passo a passo para atualizar o Caixa Tem

A nova versão do Caixa Tem (1.78), está disponível para celulares Android e iOS. Para checar a disponibilidade da atualização, basta o usuário acessar a loja de aplicativos do seu celular. 

Destacando que, a atualização não é obrigatória e versões anteriores do aplicativo — a menor versão funcional é a 1.75continuarão funcionando normalmente e com acesso a todos os serviços. Veja a seguir o passo a passo para atualizar a conta:

Endereço

A primeira etapa requer o fornecimento do endereço, podendo ser um diferente do que foi registrado durante a inscrição inicial na plataforma. Neste caso, é preciso clicar em “Meu Endereço Mudou”.

Sendo assim, basta digitar o CEP e, assim que o nome da rua, bairro e cidade aparecerem, basta completar com o número da residência e algum complemento, que é opcional. Para seguir, clique em “Sim, está correto”.

Nacionalidade 

Em seguida, a plataforma deseja saber se você nasceu no Brasil. Basta confirmar ou não esta informação. 

Patrimônio

A próxima fase requer informações acerca do patrimônio e renda. Estes são os principais dados a serem preenchidos na atualização, pois eles serão a base verificada na hora da liberação do empréstimo. A princípio a Caixa irá questionar a posse de patrimônios como casa, carro, moto ou dinheiro em poupança.

Depois será necessário informar a existência de uma renda fixa e qual a sua procedência. É necessário detalhar se o exercício profissional ocorre mediante assinatura na carteira de trabalho ou se é autônomo. Também há a opção para quem recebe apenas benefícios sociais ou assistenciais nas esferas estadual ou federal. 

Faixa de renda 

Após declarar qual é a renda mensal, é importante informar o valor dos recebimentos. Para quem tem carteira assinada, basta digitar o valor do salário bruto, ou seja, sem os descontos. No caso do trabalhador autônomo, basta informar o valor aproximado que se ganha mensalmente. Por fim, informe há quanto tempo essa renda é obtida. 

Valor do patrimônio

Tendo em vista que a posse ou não de patrimônios já foi declarada anteriormente, agora é a vez de informar por meio de faixas estimadas o valor deste patrimônio. Concluídas todas estas etapas, basta verificar se os dados fornecidos estão corretos. Caso algum erro seja notado é só clicar em “editar”, do contrário, clicar em “continuar”

Documentos 

Na fase final é necessário tirar uma foto frente e verso do RG ou Carteira Nacional de Habilitação, em sequência, do próprio rosto. Feito isso, clique em “continuar” para concluir a atualização dos dados cadastrais. 

Calendário do Bolsa Família de janeiro

  • NIS final 1: 18 de janeiro;
  • NIS final 2: 19 de janeiro;
  • NIS final 3: 22 de janeiro;
  • NIS final 4: 23 de janeiro;
  • NIS final 5: 24 de janeiro;
  • NIS final 6: 25 de janeiro;
  • NIS final 7: 26 de janeiro;
  • NIS final 8: 29 de janeiro;
  • NIS final 9: 30 de janeiro;
  • NIS final 0: 31 de janeiro.

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.