Aluno fora da rede estadual de SP? Saiba como fazer a matrícula

Prazo de matrícula para novos alunos foi iniciado no estado de São Paulo. Serão atendidos os estudantes da rede particular ou de outras redes ou estados, incluindo aqueles que vieram do exterior. Veja como fazer o procedimento sem sair de casa.

Aluno fora da rede estadual de SP? Saiba como fazer a matrícula
Aluno fora da rede estadual de SP? Saiba como fazer a matrícula (Imagem: FDR)

Começou o período de matrículas de novos alunos na rede estadual de São Paulo para o ano letivo 2024. Nessa etapa serão atendidos os estudantes da rede particular, de outros estados ou países. Quem perdeu os prazos anteriores também poderá aproveitar para se matricular em uma das 5.300 escolas da rede.

De acordo com a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP), todos os estudantes têm vaga na rede pública estadual.

Matrícula escolar 2024 em São Paulo

  • O responsável ou o próprio aluno, caso tenha mais de 18 anos, pode procurar uma das unidades escolares para fazer a matrícula.
  • Ela também pode ser feita em um balcão de atendimento do Poupatempo.
  • Outra opção é fazer a matrícula virtualmente através do site da Secretaria Escolar Digital (SED).
  • Em todas as opções é necessário apresentar: RG, histórico escolar e comprovante de residência. 
  • Estudantes que já estão na rede estadual podem pedir a transferência entre escolar até o dia 8 de janeiro.

Calendário escolar para 2024

  • As aulas na rede estadual de São Paulo começam no dia 15 de fevereiro.
  • O ano letivo no estado é dividido em bimestres.
  • Sendo que o primeiro bimestre vai de 15 de fevereiro a 19 de abril.
  • O segundo bimestre vai de 22 de abril a 8 de julho.
  • O terceiro bimestre vai de 22 de julho a 4 de outubro.
  • E o quarto bimestre vai de 7 de outubro a 17 de dezembro.
  • As férias de meio do ano estão previstas para de 9 a 28 de julho, com isso as aulas devem retornar no dia 29 de julho.

 

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.