NOVO GOLPE! Veja como não cair em cilada ao comprar viagem de férias

A compra de viagem de férias pode te fazer cair em um novo golpe que está sendo aplicado em todo o mundo. Criminosos estão se aproveitando essa temporada para atrair vítimas através da internet. Veja como se proteger.

NOVO GOLPE! Veja como não cair em cilada ao comprar viagem férias
NOVO GOLPE! Veja como não cair em cilada ao comprar viagem férias (Imagem: FDR)

Você planejou o seu tempo de descanso e quando vai comprar s sua viagem de férias se depara com uma mensagem de solicitação de pagamento antecipado. Essa prática tem se tornado mais frequente e não só no país.

Uma suíça se deparou com a situação, logo após fazer uma reserva no Booking ela recebeu uma mensagem solicitando o pagamento antecipado. Para o azar dos criminosos ela é professora de cibersegurança da Universidade da Basileia e suspeitou imediatamente.

Golpe na compra de viagem de férias

  • Esse novo golpe acontece logo após o cliente fazer uma reserva pelo site de viagens, nesse caso foi o Booking.
  • Na mensagem enviada pelos criminosos é solicitado que o consumidor acesse um link e faça um pagamento que será usado como uma suposta reserva.
  • A mensagem ainda informa que o valor será descontado apenas na chegada do hospede ao hotel.
  • Nesse golpe a professora percebeu que o link não era do Booking e não era clicável, ou seja, ela teria que copiar o endereço e colar no navegador.
  • Além disso, logo após confirmar a reserva no site do Booking a empresa emitiu o alerta de que não envia e-mails aos clientes solicitando pagamentos via QR Code ou link.
  • O golpe começa muito antes disso com o envio de um e-mail de phishing (roubo de dados) para os hotéis.
  • Com o aplicativo instalado silenciosamente os criminosos conseguem roubar os dados dos hóspedes.

Como se proteger?

  • Desconfie de e-mails que solicitam pagamentos, em geral eles devem ser feitos dentro da própria plataforma.
  • Os criminosos geralmente apelam para o seu emocional, ou seja, sempre que se sentir pressionado, provavelmente, será um golpe.
  • Desconfie dos e-mails, mesmo que eles pareçam reais. Entre em contato com a empresa responsável pela venda através dos canais oficiais para confirmar a veracidade da mensagem.
  • Não clique nos links nem baixe aplicativos solicitados nessas mensagens antes de confirmar a veracidade.
  • Jamais realize o pagamento.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.