Nova tabela de pontos para a APOSENTADORIA do INSS começa a valer; consulte agora

É certo que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) irá passar por mudanças para 2024. A principal delas está no aumento da idade mínima, que está ligada ao tempo de contribuição. Veja o que está sendo proposto de alteração.

Nova tabela de pontos para a APOSENTADORIA do INSS começa a valer; consulte agora
Nova tabela de pontos para a APOSENTADORIA do INSS começa a valer; consulte agora. Imagem: FDR

Vale lembrar que essas alterações na aposentadoria do INSS são parte das regras de transição, destinadas a quem ingressou no mercado de trabalho antes de 2019. As mudanças visam suavizar os efeitos da Reforma da Previdência.

Quantos pontos são necessários para obter a aposentadoria do INSS em 2024?

Em 2024, para solicitar a aposentadoria do INSS, homens devem alcançar 101 pontos, enquanto mulheres precisam atingir 91 pontos. Isso implica que um homem com 37 anos de contribuição e 64 anos de idade, ou uma mulher com 60 anos de idade e 31 anos de contribuição, estaria apto(a) para a aposentadoria.

É fundamental observar o tempo de contribuição, sendo necessário, no mínimo, 35 anos para homens e 30 anos para mulheres. A diferença entre esses valores e a idade do indivíduo compõem os pontos necessários.

Em 2024, as regras também estabelecem um aumento na idade mínima para aposentadoria. Mulheres atinem 58 anos e seis meses, enquanto homens 63 anos e seis meses. A idade limite é 62 anos para mulheres, a ser alcançada em 2031, e 65 anos para homens, atingida em 2027.

Teto da aposentadoria em 2024

Para quem busca a aposentadoria por meio das regras de transição, o cálculo do benefício envolve 60% do valor integral após 15 anos de contribuição para mulheres e 20 anos para homens.

A cada ano adicional, acrescenta-se 2% a esse percentual. Embora esse coeficiente possa ultrapassar 100% do salário médio de contribuição, o valor é limitado ao teto, que em 2023 é R$ 7.507,49.

Quanto ao teto do INSS para 2024, ele ainda não está definido, sendo ajustado no início do ano com a divulgação do valor do salário mínimo.

Vittoria Fialho
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já esteve como repórter no Diario de Pernambuco e no Portal NE45 Minutos. Nos veículos, fez parte das editorias de redes sociais e esportes. Também acumula experiência na assessoria de imprensa do Clube Náutico Capibaribe. Suas redes sociais são: @vtfialho e vittoriaffialho@gmail.com.
Sair da versão mobile