Não recebeu a segunda parcela do 13º salário? Veja o que fazer

Empregadores devem ter feito o pagamento da segunda parcela do 13º salário até o último dia 20 de dezembro. Pouco mais de 87 milhões de trabalhadores têm direito ao valor extra pago anualmente.

Não recebeu a segunda parcela do 13º salário? Veja o que fazer
Não recebeu a segunda parcela do 13º salário? Veja o que fazer (Imagem: FDR)

A data limite para o pagamento da segunda parcela do 13º salário foi a última quarta-feira, 20. Cerca de 87,7 milhões de trabalhadores têm direito ao valor. Empresas tiveram a opção de fazer o pagamento em parcela única ou em duas parcelas.

A data limite para o pagamento da primeira parcela foi o dia 30 de novembro. Veja o que fazer se você não recebeu o valor adicional.

Segunda parcela do 13º salário não foi paga, e agora?

  • Antes de tudo é sempre bom lembrar que o valor da segunda parcela é menor do que o da primeira, saiba mais.
  • Sabendo disso fica mais fácil de você identificar se de fato precisa ou não questionar. Afinal, muitos trabalhadores estranham o valor menor.
  • Se de fato não receber o pagamento é necessário procurar o setor de RH da empresa para ter mais informações.
  • Ainda é possível registrar uma reclamação nas Superintendências do Trabalho ou as Gerências do Trabalho ou o Ministério Público do Trabalho (MPT).
  • Antes de registrar essa reclamação é interessante que o trabalhador busque as informações internamente. Ele também pode procurar orientação junto ao sindicato da sua categoria.
  • É importante lembrar que essas alternativas não são válidas para quem pediu adiantamento do 13º nas férias.
  • O não pagamento do 13º é uma infração que resulta em multa de R$ 170,25 por empregado.
  • Esse valor poderá ser dobrado, caso não seja a primeira vez que a empresa deixa de fazer os pagamentos.

Quem não tem direito ao 13º salário?

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.