INSS confirma depósitos EXTRAS para os titulares do BPC e alguns aposentados

Foi confirmado pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que aposentados, pensionistas e quem recebe o BPC (Benefício de Prestação Continuada) podem ter crédito extra neste mês. Como não terão acesso ao 13º pagamento, muitas pessoas estão optando pela alternativa dada pela Previdência Social.

INSS confirma depósitos EXTRAS para os titulares do BPC e alguns aposentados
INSS confirma depósitos EXTRAS para os titulares do BPC e alguns aposentados (Imagem: FDR)

Desde setembro após aprovação do STF (Supremo Tribunal Federal), quem recebe o BPC pode contratar empréstimo consignado. A novidade, tanto para eles como para os aposentados e pensionistas, é de que foi recentemente aprovado um novo teto de juros para consignado de segurados do INSS.

Empréstimo consignado para quem recebe o BPC

Quem recebe o BPC não tem direito ao 13º salário, porque se trata de um pagamento assistencial e não previdenciário. Embora seja pago pelo INSS não há qualquer compromisso em potencializar o benefício porque ele não é um salário, mas um complemento ou auxílio de renda para os mais pobres.

O STF entendeu que ainda assim o empréstimo consignado pode ser solicitado por eles. Por isso, desde setembro essas pessoas voltaram a contratar o crédito que havia sido pausado em março deste ano.

Aqueles que querem uma renda extra neste final de ano precisam entender que o empréstimo se tornará uma dívida, porque mensalmente haverá desconto em seu pagamento. As condições são:

  • Margem consignável (quanto pode ser descontado do pagamento por mês): 30% para pagar empréstimo e 5% para cartão de crédito;
  • Taxa de juros: no máximo 1,80% ao mês;
  • Prazo de pagamento: até 84 parcelas.

Consignado de aposentados e pensionistas do INSS

Enquanto isso, aposentados e pensionistas do INSS sempre tiveram acesso ao crédito consignado. Este público já recebeu o 13º salário no primeiro semestre do ano, e caso queiram potencializar seu rendimento no final do ano podem comprometer seu salário com o empréstimo. 

As regras para eles funciona da seguinte forma:

  • Margem consignável: 35% destinados a empréstimo, 5% a cartão de crédito e 5% a cartão de benefício;
  • Taxa de juros: máximo de 1,80 ao mês.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]