Concursos em 2024 tem novo prazo de contratação; confira as mudanças

Governo deve mudar regra dos concursos em 2024 reduzindo o prazo de contratação dos aprovados. Proposta já está em análise e deve ser aplicada já no Concurso Nacional Unificado. Entenda melhor.

Concursos em 2024 tem novo prazo de contratação; confira as mudanças
Concursos em 2024 tem novo prazo de contratação; confira as mudanças (Imagem: FDR)

Boa notícia para os concurseiros de plantão, o Governo estuda mudar o prazo de contração dos concursos em 2024. O Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI) poderá aplicar a alteração já no Concurso Nacional Unificado, que acontecerá no próximo ano.

Mudança no prazo de contratação nos concursos em 2024

  • Atualmente o prazo varia entre os órgãos, que têm liberdade para defini-lo, em média o prazo de contratação é de um ano.
  • Nos estudos do MGI o prazo poderá ser reduzido para 3 meses.
  • Segundo o secretário do MGI, José Celso Cardoso Jr., esse prazo deve ser aplicado ao Concurso Nacional Unificado, caso ele se torne uma regra no país.
  • Atualmente o Enem dos Concursos, como também é chamado, está em fase de preparação e vai oferecer 6.640 vagas.
  • Com esse novo prazo os candidatos poderão formar um banco de “candidatos pré-aprovados” capacitados a trabalhar em órgãos federais.

Concurso Nacional Unificado

  • A previsão é de que o edital seja publicado até o dia 20 de dezembro.
  • Apenas após essa publicação que teremos mais informações sobre a seleção.
  • Até então, o que se sabe é que 21 órgãos públicos federais aderiram ao concurso. Saiba mais sobre as vagas, níveis e salários, clicando aqui.
  • O concurso será aplicado simultaneamente em 180 cidades, por isso o nome Enem dos Concursos.
  • No caso do Concursos Nacional Unificado depois da divulgação dos resultados, cada órgão poderá definir seu próprio cronograma de convocação.
  • Vale lembrar que em alguns órgãos o candidato ainda passará pelo curso de formação, nesses casos a nomeação poderá acontecer no mês seguinte ao final do curso.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.