Aposentadoria do INSS é ampliada; confira nova lista de doenças comuns que garantem o benefício

A aposentadoria do INSS por invalidez é concedida quando o segurado está com uma doença que o incapacita ao trabalho. Ela é diferente do auxílio-doença justamente neste aspecto. Algumas doenças garantem esse tipo de aposentadoria e talvez você nem saiba que tem direito.

Aposentadoria do INSS é ampliada; confira nova lista de doenças comuns que garantem o benefício
Aposentadoria do INSS é ampliada; confira nova lista de doenças comuns que garantem o benefício (Imagem: FDR)

Mesmo sendo uma das modalidades mais praticadas entre os brasileiros, a aposentadoria do INSS por invalidez requer alguns cuidados. O principal deles é a comprovação de que a doença é de fato incapacitante. Isso porque, caso resulte em uma incapacidade temporária, o segurado terá direito apenas ao auxílio-doença.

Por outro lado, após esse auxílio, a perícia pode comprovar que o beneficiário não tem condições de voltar ao trabalho e, então, será destinado à aposentadoria.

Aposentadoria por invalidez

Nessa modalidade é necessário cumprir com algumas regras estabelecidas pelo Instituto Nacional do Seguro Social:

Essa incapacidade total e permanente é justamente quando o segurado não tem condições de retornar ao trabalho.

Doenças que garantem a aposentadoria por invalidez

A lista inclui doenças que são comuns; veja a listagem completa abaixo:

É importante lembrar que a lista de doenças ocupacionais (relacionadas ao trabalho) foi atualizada na última semana; elas também podem ajudar o segurado a se aposentar.

SAQUE DO FGTS PARA APOSENTADOS: REGRA ESPECIAL É ANUNCIADA E VALOR PODE SER SACADO (VEJA COMO)

Pedido de aposentadoria por Incapacidade Permanente

Será necessário enviar a documentação médica que comprove a condição.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.
Sair da versão mobile