Governo libera pagamento de R$ 2.600 para brasileiros; Veja se você tem direito

O pagamento de R$ 2.600 começa na próxima quarta-feira, 06, segundo o número do CPF. Ao todo serão destinados R$ 271.653.360,00 para o pagamento de trabalhadores de cidades de quatro estados brasileiros.

Governo vai fazer o pagamento de R$ 2.600 para ESTAS pessoas; Veja se você tem direito a receber
Governo vai fazer o pagamento de R$ 2.600 para ESTAS pessoas; Veja se você tem direito a receber (Imagem: FDR)

O Governo Federal, através do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), vai fazer o pagamento de R$ 2.600. O valor é destinado em específico a uma classe de trabalhador. Ao todo, 102.899 profissionais receberão o auxílio extraordinário.

Governo faz pagamento de R$ 2.600

  • O auxílio extraordinário é voltado aos pescadores artesanais de cidades afetadas pela estiagem.
  • O pagamento de R$ 2.600 será feito em parcela única, depositada direto na conta dos beneficiários.
  • Na quarta-feira, 06, recebem os pescadores com número de CPF terminados em 0, 1, 2 e 3.
  • Na quinta-feira, 07, os terminados em 4, 5 e 6.
  • E na sexta-feira, 08, aqueles com CPF terminados em 7, 8 e 9.
  • O pagamento é feito para os pescadores que receberam o seguro-defeso.
  • Além deles, otitular de auxílios assistenciais ou previdenciários também poderá receber.

Cidades que recebem o auxílio de R$ 2.640

Para ter direito ao auxílio é necessário ser pescador em uma das cidades abaixo:

Acre

  • Acrelândia
  • Assis Brasil
  • Brasiléia
  • Bujari
  • Capixaba
  • Cruzeiro do Sul
  • Epitaciolândia
  • Feijó
  • Jordão
  • Mâncio Lima
  • Manoel Urbano
  • Marechal Thaumaturgo
  • Plácido de Castro
  • Porto Acre
  • Porto Walter
  • Rio Branco
  • Rodrigues Alves
  • Santa Rosa do Purus
  • Sena Madureira
  • Senador Guiomard
  • Tarauacá
  • Xapuri

Amazonas

  • Anori
  • Atalaia do Norte
  • Autazes
  • Barcelos
  • Barreirinha
  • Benjamin Constant
  • Beruri
  • Boa Vista do Ramos
  • Boca do Acre
  • Borba
  • Carauari
  • Careiro
  • Careiro da Várzea
  • Coari
  • Codajás
  • Eirunepé
  • Envira
  • Fonte Boa
  • Guajará
  • Humaitá
  • Ipixuna
  • Iranduba
  • Itacoatiara
  • Itamarati
  • Japurá
  • Juruá
  • Jutaí
  • Lábrea
  • Manacapuru
  • Manaus
  • Manicoré
  • Maraã
  • Nhamundá
  • Nova Olinda do Norte
  • Novo Airão
  • Novo Aripuanã
  • Parintins
  • Rio Preto da Eva
  • Santa Isabel do Rio Negro
  • Santo Antônio do Içá
  • São Paulo de Olivença
  • São Sebastião do Uatumã
  • Silves
  • Tabatinga
  • Tapauá
  • Tefé
  • Uarini
  • Urucará
  • Urucurituba

Amapá

  • Tartarugalzinho

Pará

  • Alenquer
  • Almeirim
  • Aveiro
  • Belterra
  • Bom Jesus do Tocantins
  • Curuá
  • Faro
  • Itaituba
  • Jacareacanga
  • Juruti
  • Mojuí dos Campos
  • Monte Alegre
  • Óbidos
  • Oriximiná
  • Pacajá
  • Porto de Moz
  • Prainha
  • Rurópolis
  • Santarém
  • Terra Santa

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.