IPTU 2024: veja como conseguir DESCONTO no valor total da cobrança

Pontos-chave
  • A legislação específica de cada cidade determina as taxas aplicáveis, impactando diretamente no valor do imposto;
  • O não pagamento do IPTU resulta em dívida registrada no imóvel;
  • A prefeitura pede que os consumidores incluam seu CPF em notas fiscais de prestadores de serviço para liberar descontos no IPTU;

O IPTU 2024, Imposto Predial Territorial Urbano, será em breve uma obrigação para os proprietários residenciais. Essa taxa, aplicável a imóveis urbanos como casas, apartamentos e terrenos, contribui para investimentos municipais em setores como saúde, educação e segurança. 

IPTU 2024: veja como conseguir DESCONTO no valor total da cobrança
IPTU 2024: veja como conseguir DESCONTO no valor total da cobrança. (Imagem: FDR)

O pagamento anual, geralmente com vencimento a partir de janeiro, oferece opção de parcelamento, além de desconto. O IPTU 2024 não apenas mantém a regularização dos imóveis, mas também é uma maneira de exercer a cidadania, contribuindo para o desenvolvimento da cidade. 

O não pagamento do IPTU 2024 resulta em dívida registrada no imóvel, impedindo  atividades como construção, reforma, venda ou aluguel sem a devida licença da prefeitura. Portanto, cumprir com essas obrigações tributárias é crucial para evitar complicações futuras.

Valor do IPTU 2024

O valor do IPTU 2024, varia conforme a legislação municipal, que estabelece alíquotas baseadas no valor venal do imóvel. Essas alíquotas, diferenciadas por tipo de propriedade, podem resultar em impostos mais elevados para casas em comparação com terrenos, por exemplo. 

A legislação específica de cada cidade determina as taxas aplicáveis, impactando diretamente o montante do imposto a ser pago. O IPTU 2024 considera o valor venal, determinado pela prefeitura com base em uma avaliação que leva em conta a estrutura por metro quadrado construído. 

Propriedades em ruas bem localizadas, com infraestrutura como iluminação e saneamento, podem ter avaliações mais elevadas. Isso influencia diretamente no cálculo do imposto a ser pago, criando uma relação entre a localização e as características da propriedade e o valor do IPTU.

O cálculo para chegar ao valor final do IPTU 2024 é construído da seguinte forma:

  • Valor venal do imóvel x alíquota para sua categoria = valor do IPTU.

É possível consultar tanto o valor de avaliação do seu imóvel, como as alíquotas, por meio do site da prefeitura da sua cidade. Além disso, quem quiser contestar o valor venal da sua propriedade precisa apresentar um documento na prefeitura.

Desconto no IPTU 2024 pelo CPF

Conseguir desconto no IPTU 2024 é possível através da participação em programas municipais de benefícios, que incentivam a redução do imposto. A prefeitura, facilitando o pagamento dos contribuintes dentro do prazo, costuma liberar essas reduções. 

As oportunidades de usufruir desses benefícios podem ser verificadas em programas específicos que utilizam o número do CPF e avaliam o perfil do cidadão da seguinte forma:

Programa de nota fiscal do consumidor

A prefeitura pede que os consumidores incluam seu CPF em notas fiscais de prestadores de serviço, e a cada nota são acumulados créditos que mais tarde serão revertidos em descontos no IPTU.

Aposentados e pensionistas

Algumas prefeituras liberam descontos que podem chegar a 50% para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Há locais que isentam este grupo da cobrança, ou seja, eles não precisam pagar nada.

Bom pagador

O contribuinte que paga as contas em dia, principalmente os impostos e tributos, consegue aumentar os descontos do IPTU 2024. Cada prefeitura possui uma política de redução e regras que determinam quem pode ser incluído neste programa.

Outra chance de conseguir desconto no IPTU 2024 é pagando o imposto à vista, neste caso é necessário ficar atento à data de vencimento. Os maiores descontos são concedidos a quem opta por pagar o imposto no primeiro mês de cobrança, que é janeiro.

Como solicitar a isenção do IPTU 2024

Se você se encaixa nos requisitos apresentados acima e deseja solicitar a isenção do imposto, precisa saber que o processo é realizado na prefeitura do município onde o imóvel está localizado. Para solicitar a isenção, é preciso levar os seguintes documentos: 

  • Cópia do documento de identidade;
  • Cópia do CPF;
  • Cópia do comprovante de renda;
  • Cópia do comprovante de residência;
  • Certidão de valor venal do imóvel.

Modalidades de isenção do IPTU 2024

Antes de ser aprovado, o pedido do cidadão passará por uma análise que permitirá a isenção total ou parcial do tributo. A decisão irá depender da renda apresentada pelo segurado. 

  • Isenção total: será concedida caso o valor da renda, sem descontos, for de até três salários mínimos (R$ 3.117,00 em janeiro e R$ 3.135,00 a partir de fevereiro);
  • Desconto de 50%: caso o valor da renda, sem descontos, for de três a quatro salários mínimos (entre R$ 3.117,00 a R$ 4.146,00 em janeira de 2020, ou R$ 3.135,01 a R$ 4.180,00 a partir de fevereiro);
  • Desconto de 30%: se o valor da renda sem descontos, equivaler de quatro a cinco salários mínimos (entre R$ 4.156,011 a R$ 5.195,00);

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.