Inscrição no Cadastro Único garante mais um benefício recém anunciado pelo governo

As famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social sabem que a inscrição no Cadastro Único vai garantir algum tipo de proteção. Isso porque, estar nesta base de dados é uma forma de ser reconhecido pelo governo. Foi anunciado ontem (28) mais um programa que será acessado pelo CadÚnico.

Inscrição no Cadastro Único garante mais um benefício recém anunciado pelo governo
Inscrição no Cadastro Único garante mais um benefício recém anunciado pelo governo (Imagem: FDR)

Na última terça-feira (28) o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinou e editou uma Medida Provisória que cria um programa voltado aos jovens de escola pública. Um dos critérios para que os estudantes consigam se beneficiar com um auxílio em dinheiro é manter a inscrição no Cadastro Único.

Novo benefício para jovens que fizerem inscrição no Cadastro Único

Foi anunciado pelo poder público a criação de uma poupança para estudantes do Ensino Médio. O objetivo deste auxílio é combater a evasão escolar, ou seja, o abandono aos estudos. O governo acredita que muitas vezes cabe ao jovem ter que escolher entre o trabalho ou a permanência na escola. 

Para que sejam incentivados a continuar estudando e concluir o Ensino Médio, o que eleva as chances de ter acesso a um emprego melhor, o poder público criou esta poupança. A ideia é atender principalmente o jovem que tiver inscrição no Cadastro Único e assim comprovar que vive de baixa renda.

O programa funcionará assim:

  • Todos os meses o governo federal vai depositar na poupança do jovem um valor X (ainda será definido quanto);
  • Ao concluir a série escolar, no final do ano será possível resgatar a quantia que foi depositada.

Também será preciso cumprir outros requisitos, como ser aprovado naquela série, fazer a matrícula para a série seguinte e participar de todas as provas de avaliação do Ensino Médio propostas pelo governo estadual e federal.

Como fazer inscrição no Cadastro Único?

Quem ainda não está no CadÚnico, mas quer ter a chance de receber o incentivo financeiro pelo anos matriculados no Ensino Médio, precisa se adiantar e fazer a inscrição no Cadastro Único.

É preciso que um responsável pela família, maior de 16 anos, compareça até o CRAS (Centro de Referência da Assistência Social). Podem se inscrever as famílias que têm renda de no máximo meio salário mínimo por pessoa.

  • Um adulto (maior de 16 anos) deve comparecer até o CRAS mais próximo;
  • Solicitar a inscrição no Cadastro Único;
  • Apresentar documento de identificação como RG e CPF, e um documento de cada um dos membros da família. Também é importante levar comprovante de residência;
  • Responder ao questionário socioeconômico;
  • Pronto, a inscrição será confirmada.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]