Estudantes do Fies são AUTORIZADOS a renegociarem dívidas com desconto de até 99%

Começou a renegociação de dívidas do FIES com descontos de quase 100% sobre o valor total da dívida. Três grupos estão sendo atendidos nesse programa que deve limpar o nome de centenas de estudantes.

Estudantes do Fies são AUTORIZADOS a renegociarem dívidas com desconto de até 99%
Estudantes do Fies são AUTORIZADOS a renegociarem dívidas com desconto de até 99% (Imagem: FDR)

Estudantes que usaram o Fundo de Financiamento Estudantil para se formar já podem renegociar suas dívidas. O atual programa oferece descontos de até 99% sobre o valor da dívida com o Fies. Com a ação, o Governo pretende diminuir a alta inadimplência que o Fundo tem atualmente.

Renegociação de dívidas do FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil possibilita que os estudantes se formem e só paguem as mensalidades após a conclusão do curso. Acontece que após se formarem muitos têm dificuldades de pagar as mensalidades e acabam ficando inadimplentes.

A renegociação é voltada justamente a eles, veja abaixo as condições:

Pessoas com débitos vencidos e não pagos havia mais de 90 dias, em 30 de junho de 2023:

  • Desconto de até 100% sobre encargos (juros e multas pelo atraso no pagamento); e de 12% sobre o valor financiado pendente, para pagamento à vista;
  • Parcelamento em até 150 parcelas mensais e sucessivas do valor financiado pendente; com desconto de 100% dos encargos (juros e multas pelo atraso no pagamento); mantidas as condições de garantia e eventuais taxas de juros do contrato.

Pessoas com débitos vencidos e não pagos havia mais de 360 dias, em 30 de junho de 2023, que estejam inscritos no CadÚnico ou que tenham sido beneficiários do Auxílio Emergencial 2021:

  • Desconto de até 99% do valor consolidado da dívida, inclusive principal; através do pagamento total da dívida em até 15 prestações mensais e sucessivas.

Pessoas com débitos vencidos e não pagos havia mais de 360 dias, em 30 de junho de 2023, que não se enquadrem na hipótese prevista no item anterior:

  • Desconto de até 77% do valor consolidado da dívida, inclusive principal; através do pagamento total da dívida em até 15 prestações mensais e sucessivas.

Outras renegociações já foram feitas antes, agora serão renegociadas dívidas de contratos firmados até 2019 e com débitos até junho de 2023.

 

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.