Auxílio Brasil de R$ 15 mil: descubra AGORA se será beneficiado

Atualmente, milhões de brasileiros estão participando de programas sociais em busca de uma renda extra. Portanto, é fundamental saber se o Auxílio Brasil de R$ 15 mil pode cair no seu bolso. Veja abaixo mais informações sobre os valores e como ter acesso ao benefício em conta bancária.

Seguro-defeso garante renda em caso de impossibilidade de trabalho; saiba mais
Auxílio Brasil de R$ 15 mil: descubra AGORA se será beneficiado
(Imagem: FDR)

A Caixa Econômica Federal foi condenada ao pagamento indenizatório avaliado em R$ 15 mil. Este depósito será realizado para algo em torno de quatro milhões de ex-beneficiários do Auxílio Brasil. Este pagamento será feito devido ao vazamento de informações, de forma indevida, por parte da instituição financeira.

Portanto, é fundamental que os brasileiros saibam se estão inclusos, ou não, na lista de pessoas que vão receber o valor em conta. Para ajudar, o Instituto Sigilo abriu a possibilidade de consulta gratuita. Desta forma, os ex-beneficiários conseguirão saber se tiveram os seus dados vazados de forma indevida.

Como consultar se teve os dados vazados pelo Auxílio Brasil?

No site do Instituto Sigilo, o cidadão pode verificar se está na lista de cidadãos que teve os dados vazados em 2022. Para que isto seja feito, basta seguir os passos abaixo:

  • Acesse o site do Instituto Sigilo clicando aqui;
  • Insira o seu nome completo e e-mail;
  • Insira o seu CPF e número de celular;
  • Aguarde um retorno do Instituto Sigilo.

Caso o seu retorno seja positivo, será necessário entrar em contato com a Caixa Econômica Federal e solicitar o pagamento desta indenização. Com isto, o cidadão será contemplado, de forma justa, pelo vazamento de informações ocorrido no ano passado.

Quais foram os dados vazados pelo programa?

Milhões de brasileiros acabaram sendo expostos pelo programa social. Entre os dados que foram vazados pela instituição financeira, estes abaixo são os que mais se destacam:

  • Nome completo;
  • Registro do CPF;
  • Quantas parcelas havia recebido;
  • Número de Identificação Social (NIS);
  • Número do Cartão do Benefício;
  • Endereço.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e [email protected].