Guia de benefícios orienta os aposentados do INSS sobre seus direitos básicos

Pontos-chave
  • O INSS oferece diversos tipos de aposentadorias e benefícios previdenciários;
  • Existem dois tipos de contribuições do INSS, a obrigatória e a facultativa;
  • As complexidades das regras previdenciárias frequentemente geram incertezas nos segurados.

O portal Folha de S.Paulo inaugurou um novo quadro, o “Guia de Benefícios”. O editorial apresenta tópicos específicos para aposentados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), trabalhadores e cidadãos com direito a benefícios sociais. 

Guia de benefícios orienta os aposentados do INSS sobre seus direitos básicos
Guia de benefícios orienta os aposentados do INSS sobre seus direitos básicos. (Imagem: FDR)

A série informativa detalha os prós e contras dos benefícios pagos aos aposentados do INSS. Desenvolvida com a colaboração de especialistas em direito previdenciário e trabalhista, o guia fará orientações sobre quem é elegível, as regulamentações de pagamento e os procedimentos de requisição.

Abaixo você tem a chance de descobrir os dados de publicação das informações essenciais. Veja detalhes sobre os tipos de benefícios, direitos dos aposentados do INSS e muito mais. Acompanhe!

Benefícios pagos aos aposentados do INSS

O INSS oferece diversos tipos de aposentadorias e benefícios previdenciários, cada um com suas próprias regras e requisitos. A seguir, estão listados as principais opções:

Direitos dos aposentados do INSS

Para mais de 38 milhões de aposentados do INSS, as complexidades das regras previdenciárias frequentemente geram incertezas. A seguir, veja os principais direitos dos segurados da Previdência Social

APOSENTADORIA 2023: VEJA COMO SIMULAR O VALOR PELO APLICATIVO MEU INSS

Tabela de contribuições para aposentados do INSS

Salário de contribuição Alíquota da contribuição previdenciária 
Até R$ 1.320 7,5%
De R$ 1.302,01 até R$ 2.571,29 7,5% a 8,25%
De R$ 2.571,30 até R$ 3.856,94 8.25% a 9,5%
De R$ 3.856,95 até R$ 7.507,49 9,5% a 11,69%

Modelos de contribuições para aposentados do INSS

Existem dois tipos de contribuições do INSS, a obrigatória e a facultativa. A diferença entre cada uma delas consiste na execução ou não de uma atividade remunerada. Entenda a seguir!

Contribuição individual

Na contribuição individual, ou obrigatória, o contribuinte tem a obrigação de realizar o pagamento do INSS sobre a sua remuneração mensal. Ou seja, ele atua numa atividade remunerada e é obrigado a pagar ao instituto.

Contribuição facultativa

Enquanto isso, na contribuição facultativa, o contribuinte é aquele que não realiza atividade remunerada, mas deseja recolher e ter a proteção da Previdência Social. Ele não é obrigado a recolher o INSS, mas pode preservar os seus direitos previdenciários no que tange a pensões, aposentadorias e auxílio-doença.

Vale salientar que se o trabalhador realizar a contribuição previdenciária na categoria errada, poderá perder direitos. Além disso, é importante que o trabalhador tenha um cuidado especial com a regularidade das contribuições previdenciárias.

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.
Sair da versão mobile