Estudantes do FIES ganham nova chance para renegociar seus débitos

Medida que garante a renegociação de débitos do FIES já alcançou uma aprovação. Dívidas dos estudantes somam pouco mais de R$ 11 bilhões. além da renegociação, o programa também é alvo de uma reformulação. Entenda melhor como quitar suas dívidas!

Estudantes do FIES ganham nova chance para renegociar seus débitos
Estudantes do FIES ganham nova chance para renegociar seus débitos (Imagem: FDR)

O Governo está trabalhando em uma Medida Provisória que trata da renegociação de dívidas do FIES. O texto já conseguiu a aprovação da Câmara dos Deputados; agora, deve ser votado pelo Senado Federal.

Essa deve ser a chance de reduzir o alto índice de inadimplência que o Fundo de Financiamento Estudantil tem apresentado nos últimos anos.

Renegociação de dívidas FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil se tornou um grande sucesso entre os estudantes. No entanto, a inadimplência dele chama atenção. A renegociação agora deve acontecer no seguinte molde:

  • Poderão ser renegociadas dívidas vencidas a partir de 30 de dezembro de 2021;
  • Será concedido 12% de desconto para as dívidas com mais de 90 dias de atraso; além disso, a pessoa poderá parcelar em até 150 vezes sem juros nem multas.
  • Também será concedido desconto de 99% sobre a dívida para quem tem mais de 360 dias de atraso.
  • E, 77% de desconto para quem tem dívidas com mais de 360 dias de atraso.
  • Pessoas inscritas no CadÚnico ou que tenham sido beneficiários do Auxílio Emergencial 2021 terão condições especiais para o pagamento da dívida.

Mudanças no FIES

Essa não é a única alteração que deve ser feita no programa; confira alguns tópicos que podem mudar em breve:

  • Redução do aporte de financiamento feito pelas instituições de ensino, que passarão a aportar entre10% e 27,5% das mensalidades;
  • Criação do Fies Social, que deve possibilitar o financiamento de 100% do curso de graduação, entre outras ações;
  • Implantação do sistema de cotas para estudantes de baixa renda; pretos; pardos; indígenas; ou que estudaram todo o ensino médio na rede pública

O Projeto de Lei n° 3652, de 2023 ainda precisa se aprovado pelo Senado Federal para ser sancionado pelo Presidente Lula.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.