Consulta para a indenização de R$ 15 mil pelo Auxílio Brasil já está disponível

A consulta para a indenização de R$ 15 mil que será realizada pela Caixa Econômica Federal foi liberada para a população. Este pagamento está próximo de ser feito e os antigos beneficiários do Auxílio Brasil serão contemplados com esta quantia em conta. Veja agora como saber se você pode receber o valor.

Consulta para a indenização de R$ 15 mil pelo Auxílio Brasil já está disponível (Imagem: FDR)

Em 2022, houve o vazamento indevido de dados oriundos dos beneficiários do antigo Auxílio Brasil. Isto causou uma série de repercussões negativas para a Caixa Econômica Federal, gestora do programa. Agora, os cidadãos que tiveram os seus dados vazados receberão uma indenização de R$ 15 mil do banco.

Alguns dos auxiliados que tiveram seus dados vazados receberam a informação da própria instituição financeira. Porém, existem milhões de brasileiros que não receberam este aviso e buscam saber se foram prejudicados pelo vazamento. Agora, o Instituto Sigilo está ajudando os cidadãos com a consulta gratuita.

Confira quais foram os dados supostamente vazados pela Caixa Econômica Federal: 

  • Nome completo;
  • Registro do CPF;
  • Quantas parcelas havia recebido;
  • Número de Identificação Social (NIS);
  • Número do Cartão do Benefício;
  • Endereço

*para saber se você pode receber, clique neste link e consulte os seus dados

O que diz a Caixa sobre o vazamento de dados do Auxílio Brasil?

Segundo a plataforma do Instituto Sigilo, aproximadamente 471 mil pessoas estão elegíveis e podem receber a indenização de R$ 15 mil. Para realizar a checagem dos seus dados no site, será solicitado os seguintes documentos:

  • Nome completo;
  • E-mail;
  • CPF;
  • Número de telefone.

De acordo com a instituição financeira, um levantamento interno de informações foi realizado para apurar o caso. Porém, após esta pesquisa, não foram identificados ferramentas que confirmam a culpa do banco nesta falha. Portanto, a Caixa pretende entrar com um recurso e ir contra a decisão tomada em justiça.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e [email protected].