Poupança para estudantes? Governo anuncia novidades envolvendo NOVO BENEFÍCIO

Ministério da Educação planeja um novo benefício voltado aos estudantes. MEC tem trabalhado para superar desafios, como a evasão escolar. Veja os detalhes já divulgados sobre a Poupança para estudantes.

Poupança para estudantes? Governo anuncia novidades envolvendo NOVO BENEFÍCIO
Poupança para estudantes? Governo anuncia novidades envolvendo NOVO BENEFÍCIO(Imagem: FDR)

Um dos grandes desafios do Ministério da Educação é a evasão escolar, situação em que o aluno abandona os estudos. O MEC tem trabalhado em um novo benefício voltado a diminuir esse problema. Inclusive, o ministro da Educação, Camilo Santana, já confirmou essa novidade.

Novo benefício no MEC

O bolsa-poupança está em sua reta final de elaboração e algumas informações já podem ser conferidas:

  • O bolsa-poupança será destinado aos estudantes do ensino médio da rede pública de ensino;
  • Nesta segunda, 16, acontece uma reunião ente os ministros da Educação, Camilo Santana; da Casa Civil, Rui Costa; e representantes dos ministérios do Planejamento e da Fazenda;
  • O novo benefício deve ser pago apenas em 2024;
  • O orçamento é um grande entrave para o benefício sair do papel;
  • A ideia inicial é fazer pagamentos mensais, como uma mesada, e depósitos que só poderão ser sacados após a conclusão dessa etapa;
  • Atualmente o Governo Federal já concede bolsa-permanência aos estudantes do ensino superior.

Para o ministro, Camilo Santana, esse novo benefício vai contribuir para a permanência dos estudantes na escola.

“Será uma forma de auxílio para ajudar na permanência desse jovem na escola. A ideia é que possamos garantir que tenha uma escola mais atrativa, mais acolhedora e que a gente não perca nenhum aluno ao longo da educação básica. Então, essa bolsa será um mecanismo de estímulo à permanência do jovem na escola”, afirmou o ministro da Educação, Camilo Santana durante congresso da Associação de Jornalistas de Educação (Jeduca).

O Projeto de Lei (PL) que cria uma bolsa-poupança deve ser enviado ao Congresso Nacional nos próximos meses.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.