Como ter certeza que a ligação do INSS é para falar sobre a perícia médica?

Nesta semana, diversos trabalhadores passaram a receber ligações do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A chamada realizada pelo órgão federal é uma convocação para que o segurado consiga adiantar a realização de sua perícia médica. No entanto, diversas dúvidas surgem entre os beneficiários que questionam se a ligação é realmente do INSS.

Como ter certeza que a ligação do INSS é para falar sobre a perícia médica?
Como ter certeza que a ligação do INSS é para falar sobre a perícia médica?

O questionamento tem motivo, tendo em vista que diversos golpes aplicados pelo Brasil são realizados por meio de chamadas falsas. Nas ligações, é comum que os criminosos se identifiquem como técnicos de órgãos federais ou de instituições financeiras. Por isso, é preciso ficar atento para saber se a chamada recebida é de fato do INSS.

Como identificar se a ligação é do INSS?

Para ter certeza, é preciso que o trabalhador fique atento a uma série de detalhes. Confira quais são:

  • Número da chamada: as ligações realizadas pelo INSS são feitas pelo número (11) 2135-0135, é ele que deverá aparecer na tela do seu celular. Esse telefone não recebe chamadas e também não tem WhatsApp
  • Número do SMS: em alguns casos, o Instituto pode entrar em contato por SMS. Caso isso aconteça, o número que enviará a mensagem será o 28041
  • Informações solicitadas: Ao entrar em contato, o INSS apenas solicita que o trabalhador confirme as informações que o órgão já tem. Se durante a chamada for solicitado algum documento, envio de foto, número de conta corrente ou senha bancária, desconfie

Esses são os principais cuidados ao receber uma ligação do Instituto. No entanto, caso o trabalhador desconfie da chamada, é possível tirar dúvidas sobre a questão entrando em contato com a Central de Atendimento do Instituto, que está disponível por meio do telefone 135.

Por meio dela, é possível falar diretamente com um atendente do Instituto. O telefone está disponível para atendimento ao público de segunda a sábado, das 7h às 22h no horário de Brasília. Outra opção é o uso do aplicativo Meu INSS, que está disponível para Android e iOS, onde também é possível realizar consultas referentes ao Instituto Nacional do Seguro Social.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.