Receita Federal paga 1,3 milhão de reais para brasileiros em setembro

A Receita Federal estará pagando uma quantia avaliada em R$ 1,3 milhões para os brasileiros neste mês de setembro. Esta notícia será interessante para todos os brasileiros que entregaram a sua declaração do Imposto de Renda este ano; veja abaixo com mais detalhes.

Isenção de imposto em compras até US$ 50 na Shein, Shopee e AliExpress desafia a lógica e deixa clientes IRRITADOS (Imagem: FDR)
Receita Federal paga 1,3 milhão de reais para brasileiros em setembro (Imagem: FDR)

Nesta sexta-feira, 22/09, a Receita Federal abriu a possibilidade do cidadão consultar o pagamento do 5º lote da restituição do Imposto de Renda. Esta consulta pode ser feita através de um site criado pelo órgão federal. Para acessar e consultar a sua restituição, clique aqui e insira os seus dados oficiais.

Será preciso que o cidadão tenha acesso ao número do seu CPF e também a sua data de nascimento. Com isto, terá a informação se será contemplado(a) a partir do próximo dia 29/09, data do pagamento do 5º lote. Este será o último depósito concedido através deste benefício cedido para os que entregam a declaração.

Anualmente, os contribuintes possuem suas contas verificadas por agentes federais. Aqueles que realizaram pagamentos acima dos necessários, possui o benefício da restituição concedido. O primeiro lote é pago na data limite de entrega da declaração. Nele, só o grupo prioritário é contemplado.

Entre eles, estão os idosos, pessoas portadoras de deficiência e cidadãos cujo o magistério é a maior fonte de renda. Este ano, um novo grupo prioritário foi feito, que são os que optam pelo recebimento da restituição via chave PIX. Além disto, aqueles que preencherem a declaração pré-preenchida também fazem parte.

Receita Federal aplica mudanças para o Imposto de Renda 2024

A partir do ano que vem, a entrega do Imposto de Renda será alterada. Isto porque uma nova faixa de isenção será aplicada. Todos os trabalhadores que recebem até dois salários mínimos (R$ 2.640) serão isentos da entrega. Isto deve reduzir parcialmente a renda obtida através da coleta desta contribuição federal.

Com isto, o governo vem buscando outras fontes de arrecadação. Isto foi abordado recentemente com a nova implementação da regulação das apostas esportivas. Em um mercado que gira entre R$ 9 e 12 bilhões, de acordo com o ministério da fazenda, o governo terá direito à 30% desta arrecadação.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e flavioarcosta@gmail.com.
Sair da versão mobile