INSS deixa brasileiros felizes após definir como DIMINUIR fila da perícia médica

Responsável pelo pagamento de aposentadorias, pensões e auxílios para milhões de trabalhadores brasileiros, o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) tem realizado uma série de esforços visando diminuir sua fila de perícias. A partir desta semana, uma nova medida deverá beneficiar diversos trabalhadores que aguardam o atendimento.

INSS deixa brasileiros felizes após definir como DIMINUIR fila da perícia médica
INSS deixa brasileiros felizes após definir como DIMINUIR fila da perícia médica. (Imagem: FDR)

Nesta segunda-feira (25), diversos segurados deverão ser convocados para que possam adiantar sua perícia. O chamado será realizado por meio de ligações efetuadas pela Central de Atendimento do INSS.

De acordo com o Governo Federal, as chamadas serão efetuadas tanto pelo número 135, quanto pelo telefone (11) 2135-0135. Também é possível que a convocação seja realizada por SMS. Nesses casos, a mensagem será enviada pelo número 28041.

Quem será convocado pelo INSS?

A medida tem o objetivo de beneficiar os segurados que aguardam pela perícia médica há mais de 45 dias. Os trabalhadores chamados pelo INSS terão a possibilidade de realizar a perícia de forma online.

Essa mudança só é possível porque o Governo Federal lançou recentemente a ferramenta Atestmed, que permite que os segurados enviem os documentos para o Instituto de forma remota.

A iniciativa é mais uma da série de medidas criadas para diminuir o tempo de espera do trabalhador. Por meio do Atestmed, é possível enviar os atestados que comprovam a condição de saúde que impede o trabalho regular.

Após essa etapa, os documentos são analisados à distância por um médico perito do INSS, eliminado assim a necessidade de que o segurado compareça até um posto de atendimento do Instituto.

Até o início deste mês, os pedidos de aposentadoria ou benefício pendentes no país somavam mais de 1 milhão de requisições. Esse alto número, somado ao baixo quadro de peritos disponíveis no Brasil, são responsáveis pelo grande período de espera que precisa ser enfrentado pelos segurados.

As novas ações do Governo Federal, que também incluem a convocação de novos técnicos para o quadro do INSS, visam a diminuição dessa fila de espera. Segundo o presidente do INSS, Alessandro Stefanutto, o objetivo no momento é chegar até o final do ano cumprindo o prazo legal de espera, que é de até 45 dias.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.