Passagens mais baratas? Empresa aérea está chegando no Brasil e população AGRADECE

Comprar passagens de avião é algo caro para grande parte das pessoas. No entanto, isso pode mudar com a chegada de uma nova empresa aérea no país. Veja os detalhes desta novidade.

Passagens mais baratas? Empresa aérea está chegando no Brasil e população AGRADECE
Passagens mais baratas? Empresa aérea está chegando no Brasil e população AGRADECE (Imagem FDR)

Agora em setembro, entra no mercado nacional uma nova companhia aérea que vem prometendo comercializar passagens quase que pela metade do preço cobrado pela concorrência.

Nova empresa aérea vem para movimentar mercado 

Esta nova empresa é a Arajet. Ela vai operar  três vezes por semana voos entre São Paulo a Santo Domingo, na República Dominicana. Esta é uma escala comum em trechos para países da América do Norte.

A Arajet foi fundada em 2022 e já está presente em 22 países. “Já no final deste ano, estaremos operando em 22 destinos de 15 países diferentes, possibilitando 138 conexões”, disse ao Valor o CEO da empresa, Victor Pacheco.

Após o desembarque, as pessoas vão poder pegar um ônibus para Punta Cana, oferecido pela empresa ou seguir viagem para outros destinos. A Arajet atua ainda no Canadá e no México. Os voos serão operados em aviões do modelo Boeing 737 MAX 8, de 189 assentos.

Organização dos voos 

Os voos da empresa vão sair do aeroporto de Guarulhos sempre nas segundas, quartas e sextas. As passagens custarão US$ 475 (R$ 2.315) ida e volta, em média. 

Um exemplo é o trecho de 22 a 28 de setembro, que custará US$ 653 (R$ 3.183), já com taxas e impostos inclusos. Os consumidores poderão levar bagagem de mão de até 10 kg. Caso queira despachar malas maiores, o cliente deverá  pagar US$ 55 a mais, em cada trecho.

“Com a Arajet, viajar pelas Américas será muito mais acessível. Vou te dar um exemplo disso: os mercados que operamos antes vendiam voos por US$ 400; agora vendem por US$ 275 dólares. Sendo que nós vendemos, em média, por US$ 175 dólares”, disse Pacheco ao Valor.

Gastos extras 

Como estamos falando de uma empresa low cost, os clientes terão que arcar com gastos extras, como a compra de lanches durante a viagem. A empresa garantiu que os preços cobrados serão acessíveis.

“O mais importante para nós é o que nossos passageiros sentem quando entram no avião, desde o comissário de bordo até a música que ouvem. No nosso cardápio, por exemplo, temos cerveja dominicana”, afirmou ao Valor Manuel Luna, vice-presidente de comunicações da companhia aérea.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.