Novo FIES deve ser lançado em breve com renegociação de dívidas; veja detalhes

Ministro da Educação confirmou um Novo FIES que deve beneficiar centenas de estudantes brasileiros. Confirmação aconteceu durante entrevista na última semana. Veja o que deve ser alterado nesse importante programa.

Novo FIES deve ser lançado em breve com renegociação de dívidas; veja detalhes
Novo FIES deve ser lançado em breve com renegociação de dívidas; veja detalhes (Imagem: FDR)

O Novo FIES deve ser lançado pelo Governo Federal em breve, afirma o ministro da Educação, Camilo Santana. O programa que foi criado como instrumento de inclusão social e qualificação, acabou perdendo sua finalidade ao longo do tempo, para o ministro atualmente o FIES é mais um “instrumento financeiro”.

Durante a utilização do Fundo de Financiamento Estudantil os estudantes pagam apenas os encargos fixados no contrato e o seguro de vida; as mensalidades são pagas apenas após a formatura.

Novo FIES

Santana afirmou que o MEC tem discutido com o Ministério da Fazenda e outros ministérios sobre o lançamento do FIES Social, que vai possibilitar a renegociação das dívidas com o programa.

“Nós vamos lançar, estamos só…porque isso é uma discussão que precisa ser feita com o Minsitério da Fazenda, com… que é o FIES Social, que tô dizendo inclusive agora em primeira mão aqui pra você, que vai ser uma das mídias importantes que vai ser a renegociação, nós vamos prorrogar as renegociações das dívidas dos alunos. Estamos redesenhando o programa. porque inclusive não havia muitas vezes as informações”, afirmou o ministro em entrevista ao É Notícia.

Para o ministro é necessário distinguir quem não paga porque não tem condições e quem não paga o financiamento porque não tem condições.

Nós vamos em breve lançar um novo FIES Social que vai garantir, por exemplo, financiamento de 100% do curso, que antes não podia, hoje não pode...Garantir também que só tenha acesso ao Fies quem faça o exame do ENEM, são questões que nós estamos tentando reorganizar”, acrescentou Camilo Santana.

O ministro ainda afirmou que o presidente Lula pediu pessoalmente para que todos os estudantes tivessem renegociação das dívidas.

Atualmente o percentual de estudantes inadimplentes com o programa já chegou a marca de 53,7%; o valor da dívida chega a R$ 11 milhões.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.