Bradesco testa nova função via PIX e clientes AGRADECEM

O Bradesco é um dos principais bancos do país e está sempre em busca de novidades que facilitem a vida dos clientes. Desta vez, o banco trouxe uma novidade relacionada com o PIX. Veja os detalhes.

Bradesco testa nova função via PIX e clientes AGRADECEM
Bradesco testa nova função via PIX e clientes AGRADECEM (Imagem FDR)

A novidade do Bradesco é relacionada com o PIX e com o aplicativo de mensagens WhatsApp, o mais usado entre os brasileiros.

Bradesco lança novidade envolvendo PIX e WhatsApp 

A partir de agora, cerca de 30% da base de clientes do Bradesco poderão utilizar a assistente virtual do banco, a Bia, através do WhatsApp para efetuar transferencias via PIX.

O novo recurso começou a ser testado no início deste ano e deve chegar para toda a base de clientes até dezembro, de acordo com Rafael Cavalcanti, superintendente de inteligência e dados do Bradesco.

O valor máximo liberado para transações realizadas desta forma é de R$300, como forma de segurança. Elas também só podem ser realizadas para os contatos registrados de forma prévia no app do Bradesco.

Transferências suspeitas são identificadas 

A Bia é capaz de reconhecer quando uma transação é suspeita realizadas para contatos registrados a pouco tempo, explicou Rafael.

Se o cliente acabar fazendo uma transação com valores errados ou para a pessoa errada, são oferecidos meios de contestação através do próprio app do Bradesco.

O aplicativo de mensagens opera somente como um meio de contato com a BIA e não tem responsabilidade sobre as transações.

O banco já informa os clientes através do WhatsApp de compras suspeitas efetuadas no cartão desde o mês de junho. Agora, esta funcionalidade também engloba o PIX.

BIA 

A inteligência artificial do banco já entrega aos clientes serviços básicos como consultas a saques, extrato, informes de rendimentos, comprovantes e outras informações bancárias.

A assistente digital do banco foi criada em parceria com a IBM e foi a primeira adaptação da IA conversacional Watson Assistant para a linha portuguesa.

A IA foi disponibilizada para o público em 2017. “Hoje, já acumulamos 2 bilhões de atendimentos por esse meio”, disse Cavalcanti à Folha de São Paulo.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.