Novo golpe usa nome da Serasa; saiba como se proteger

Os brasileiros precisam sempre ficar atentos aos golpes que circulam na internet. Entre tantos, um vem chamando a atenção por usar o nome da Serasa com intuito de enganar as pessoas. Veja os detalhes.

Novo golpe usa nome da Serasa; saiba como se proteger
Novo golpe usa nome da Serasa; saiba como se proteger (Imagem FDR)

Criminosos usam o nome e o logotipo do Feirão Serasa Limpa Nome como forma de tentar obter dados pessoais das possíveis vítimas. 

Golpe envolve nome da Serasa

Para dar mais credibilidade ao golpes, os criminosos utilizam trechos de reportagens sobre o Desenrola e também do feirão.

Nas postagens, os golpistas afirmam que os prazos de renegociação estão acabando e que é preciso correr para aproveitar as oportunidades. Este teor alarmista já é um indício de que algo está errado.

Como me protejo deste golpe?

Para se proteger deste golpe, a dica principal é saber como participar de verdade do feirão Limpa Nome.

Os consumidores conseguem renegociar suas dívidas de forma simples e rápida. É possível participar da ação através do site da Serasa, baixando o aplicativo Serasa em seu celular Android ou iOS, pelo WhatsApp com o número (11)99575–2096, ou ligando gratuitamente para 0800 591 1222.

Quem preferir renegociar de forma presencial, pode se dirigir a uma agência dos Correios levando um documento oficial com foto e o CPF e solicitar no balcão o serviço Serasa Limpa Nome.

Entre as grandes vantagens da ação é que através do Serasa Limpa Nome é que o usuário encontra diferentes opções de pagamento para se livrar das dívidas. Para quem optar por pagar o débito parcelado, o nome fica limpo logo depois do pagamento da primeira parcela.

Além de negociar dívidas negativadas que estão no Serasa, o consumidor também consegue negociar as dívidas que estão apenas atrasadas, mas que ainda não foram negativadas.

Dívidas atrasadas são conta de luz, gás, fatura do celular ou prestação do carro, entre outras que não foram pagas na data de vencimento e estão acumulando juros.

Nas renegociações realizadas tanto na internet como presencialmente, o pagamento pode ser feito via PIX e o nome fica limpo no mesmo instante para quem optar por esta forma de pagamento.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.