Vivo cria novo serviço que ajuda brasileiros a trocarem de celular

A Vivo é uma das mais importantes operadoras de telefonia do país e está sempre em busca de novidades para o público. Desta vez, a novidade trazida pela empresa pode ajudar as pessoas que querem trocar de celular. Confira.

Vivo cria novo serviço que ajuda brasileiros a trocarem de celular
Vivo cria novo serviço que ajuda brasileiros a trocarem de celular (Imagem FDR)

A empresa tinha o interesse de lançar um novo serviço, o consórcio de celular. Para isso, a Vivo testou o interesse de 500 mil pessoas.

Vivo lança consórcio para celular 

Após verificar este grande interesse do público, a Vivo decidiu lançar o consórcio. Neste primeiro momento, serão ofertados planos de 24 meses para celulares que custam entre R$3.000 a R$10.000.

Na primeira etapa do novo serviço, a oferta de vagas será limitada. Quando o primeiro lote acabar, os interessados serão colocados em uma lista de espera. Estas pessoas serão chamadas quando forem disponibilizadas outras cotas.

Este novo consórcio da Vivo foi desenvolvido juntamente com o Klubi. Esta fintech recebeu um aporte de R$10 milhões do Vivo Ventures, corporate venture capital da companhia.

 Demais serviços 

A Vivo oferta vários serviços aos clientes. Fora o consórcio, as pessoas podem contar com uma conta digital, empréstimo pessoal, cartão de crédito e seguros.

O que é um consórcio

De forma simples, o consórcio é uma compra colaborativa, que junta pessoas com o mesmo objetivo. A administradora do consórcio fica encarregada de reunir estas pessoas em grupos de interesse em comum.

As pessoas que participam de um consórcio, podem estar em busca de um carro, imóvel, produtos como aparelhos eletrônicos, entre outros.

Após ser formado o grupo, as pessoas pagam as parcelas sem juros e de acordo com o plano selecionado. Todos os meses, um integrante deste grupo é contemplado através de lance ou sorteio, que tem funcionamento similar ao de um leilão, ou seja, o maior lance leva.

Para poder participar das reuniões mensais do grupo, é preciso estar em dia com o pagamento das parcelas.

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.
Sair da versão mobile