Urgente! FGTS tem novas regras divulgadas; confira novidades

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é um dos benefícios cedidos pelo governo federal para que possa servir como um suporte financeiro em casos de emergência. Agora, o programa possui novas regras e é essencial que você, trabalhador formal, confira esta grande novidade.

FGTS: saiba como consultar valor do saque extraordinário pelo aplicativo
Urgente! FGTS tem novas regras divulgadas; confira novidades (Imagem: FDR)

O FGTS é um dos benefícios cedidos aos trabalhadores formais do nosso país. Então, se você é um dos cidadãos que exercem a sua profissão de maneira formal, sob regime CLT e com a carteira de trabalho assinada, você tem direito ao saque do seu saldo em conta do Fundo de Garantia para emergências.

O saque do FGTS pode ser feito em duas ocasiões. Na regular, o cidadão se adequa ao saque-rescisão e tem o saldo liberado em casos de demissão sem justa causa. Porém, em casos em que o cidadão opta pelo saque-aniversário, o cidadão pode retirar parte do valor uma vez ao ano, no mês do seu nascimento.

Então, o intuito principal do Fundo de Garantia é fornecer renda em casos de emergência. Portanto, a medida que vem sendo estudada busca beneficiar as empresas e pessoas que estão precisando, urgentemente, de uma ajuda financeira. Se este for o seu caso, acompanhe o restante da notícia.

Agora, após decisão do Ministério do Trabalho e Emprego, o cidadão agora terá parte do seu saldo no FGTS liberado para que possa quitar dívidas. Esta é mais uma medida do governo federal que visa a ampliação do poder de compra do povo brasileiro. Então, confira detalhes sobre esta novidade abaixo:

FGTS: Confira agora como quitar suas dívidas com o Fundo de Garantia

A partir da mudança aplicada, os devedores que possuem saldo no FGTS poderão quitar as suas dívidas com o saldo em conta. Agora, Microempreendedores Individuais (MEI), microempresas e empresas de pequeno porte poderão utilizar o saldo do Fundo de Garantia para ajudar na limpeza do seu nome.

Para estes grupos de trabalhadores que foram citados acima, existirá um grande prazo para que as dívidas sejam completamente quitadas. Então, todos estes acima terão como dividir a sua dívida em até 144 parcelas, o que pode resultar em parcelamentos em até 12 anos.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e [email protected].