Aposentados e pensionistas: INSS surpreende e cria nova forma de prova de vida

O Governo Federal anunciou uma nova mudança na prova de vida do INSS com o objetivo de facilitar o procedimento para os segurados. Em fevereiro deste ano, foram regulamentadas as novas diretrizes que transferem a responsabilidade da comprovação de vida para a Previdência Social, não mais exigindo que os beneficiários compareçam pessoalmente às agências ou bancos.

Auxílio-doença do INSS ganha novas regras e concessão facilitada
Aposentados e pensionistas: INSS surpreende e cria nova forma de prova de vida mais fácil (Imagem: FDR)

A prova de vida é obrigatória para aposentados e pensionistas, mas a exigência de locomoção gerava polêmicas e situações constrangedoras, como a tentativa de usar a digital de um aposentado falecido para manter o benefício. Agora, a comprovação será feita a partir do cruzamento de dados com bases governamentais, tornando o processo mais ágil e seguro.

Uma novidade empolgante é a proposta de incluir o reconhecimento biométrico em transporte público como uma forma válida de prova de vida. O presidente do INSS, Alessandro Stefanutto, afirmou que está em articulação com a Secretaria de Transporte e Mobilidade do Distrito Federal para viabilizar essa opção. Com isso, um segurado poderá realizar sua prova de vida simplesmente ao passar por uma catraca de ônibus ou metrô com identificação biométrica.

Inicialmente, o procedimento será implementado no Distrito Federal, mas há planos de expandi-lo para todo o Brasil. Atualmente, já são aceitos outros métodos para a comprovação de vida, como o acesso ao aplicativo Meu INSS com selo ouro, empréstimos consignados feitos por reconhecimento biométrico, atendimento presencial nas agências do INSS ou entidades parceiras com reconhecimento biométrico, entre outros.

Nova prova de vida do INSS reforça segurança nos benefícios

A proposta de utilizar o transporte público como meio de comprovação de vida é uma inovação que visa facilitar a vida dos segurados, eliminando a necessidade de deslocamento e ampliando as opções disponíveis. Essa medida representa um avanço significativo, tornando o processo mais acessível e moderno.

Além disso, com a simplificação da prova de vida, os beneficiários poderão dedicar mais tempo às suas atividades e desfrutar plenamente de seus benefícios. O INSS, sempre em busca de melhorias, está comprometido em proporcionar maior comodidade e eficiência aos segurados.

O Instituto espera aumentar a adesão à comprovação de vida e garantir o pagamento regular dos benefícios, evitando transtornos e desgastes para os segurados. Com o reconhecimento biométrico em transporte público, o INSS segue na vanguarda da inovação e do cuidado com os cidadãos, garantindo que a seguridade social seja cada vez mais acessível e efetiva para todos.

Ariel França
Jornalista especializado em Direito Administrativo, Gestão Pública e Administração Geral. Possui mais de uma década de experiência em produção de conteúdo para a internet.