CUIDADO! Novo GOLPE promete devolução de dinheiro aos usuários de cartões de crédito

Os golpes nunca deixam os brasileiros em paz! Desta vez, circulam rumores de uma suposta devolução de R$ 13 mil aos usuários de cartão de crédito. Muita gente recebeu links que solicitavam informações pessoais para garantir o acesso ao valor. Confira mais detalhes abaixo para não ser mais uma das vítimas deste golpe!

CUIDADO! Novo GOLPE promete devolução de dinheiro aos usuários de cartões de crédito
CUIDADO! Novo GOLPE promete devolução de dinheiro aos usuários de cartões de crédito (Imagem: FDR)

Novo golpe na praça

Muita gente começou a receber um comunicado online falando que o Governo Federal faria uma devolução, como compensação pelos encargos excessivos cobrados pelas bandeiras de cartões Elo, Visa, Mastercard, Hipercard e American Express, durante o período de 2019 a 2022.

A possibilidade de um reembolso tão significativo despertou a curiosidade de muitos. Estes acabam acessando os links suspeitos e compartilhando-os com amigos e familiares.

Desta forma, muita gente começou a levantar uma série de dúvidas questionando a veracidade das informações. Foi então que o Banco Central divulgou um alerta, deixando claro que tudo não passava de uma tentativa de golpe virtual. O órgão  informou que o governo nunca emitiu qualquer comunicado sobre devolução de valores para os usuários de cartão de crédito.

Além do Banco Central, a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito (Abecs) também se pronunciou. Foi enfatizando que a cobrança indevida de taxas por parte do governo nunca existiu. Em seu comunicado oficial, a Abecs, destacou que os boatos são uma tentativa de roubar dados pessoais e bancários de milhões de brasileiros. A Abecs ainda alertou para os riscos de fornecer informações em sites e links suspeitos.

Dicas para não cair no golpe

Para evitar cair em golpes virtuais, especialistas recomendam algumas medidas de precaução. Edemilson Koji Motoda, Diretor do grupo KSL, empresa especializada em crédito e cobrança, levantou as seguintes dicas:

  1. Duvide de estornos financeiros, principalmente quando originários de fontes desconhecidas.
  2. Sempre verifique as informações antes de compartilhar ou acessar quaisquer links suspeitos.
  3. Jamais forneça informações pessoais, como números de CPF, RG, cartões de crédito ou senhas, em sites ou links não confiáveis.
  4. Sempre pesquise sobre os golpes mais recentes e as formas de proteção, buscando informações de fontes oficiais e especialistas confiáveis.

Victor Barboza
Meu nome é Victor Lavagnini Barboza, sou especialista em finanças e editor-chefe do FDR, responsável pelas áreas de finanças, investimentos, carreiras e negócios. Sou graduado em Gestão Financeira pela Estácio e possuo especializações em Gestão de Negócios pela USP/ESALQ, Investimentos pela UNIBTA e Ciências Comportamentais pela Unisinos. Atuo no mundo financeiro desde 2012, com passagens em empresas como Motriz, Tendere, Strategy Manager e Campinas Tech. Também possuo trabalho acadêmicos nas áreas de gestão e finanças pela Unicamp e pela USP. Ministro aulas, cursos e palestras e já produzi conteúdos para diversos canais, nas temáticas de finanças pessoais, investimentos, educação financeira, fintechs, negócios, empreendedorismo, psicologia econômica e franquias. Sou fundador da GFCriativa e co-fundador da Fincatch.