ENEM e Encceja 2023 contarão com essas NOVIDADES

Novidades adotadas pelo MEC e INEP para aplicação do ENEM e Encceja 2023 devem beneficiar estudantes. Exames são voltadas aos estudantes que desejam uma vaga no ensino superior ou conquistar o certificado de conclusão da educação básica.

ENEM e Encceja 2023 contarão com essas NOVIDADES
ENEM e Encceja 2023 contarão com essas NOVIDADES(Imagem: FDR)

O ENEM e Encceja 2023 são exames aplicados pelo Ministério da Educação através do INEP. O Exame Nacional do Ensino Médio é voltado a quem deseja iniciar o ensino superior; enquanto o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos é para quem deseja o certificado do ensino fundamental ou médio.

As mudanças têm o objetivo de oferecer mais condições de igualdade entre os participantes dos exames aplicados pelo INEP.

Novidades no ENEM e Encceja 2023

A mudança proposta pelo INEP já começou a ser aplicada no Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida).

EDITAL ENEM 2023 É DIVULGADO: DATAS DAS PROVAS, QUEM PODE FAZER E O TEMA DA REDAÇÃO

Agora, ela deve ser estendida a esses dois outros exames; veja o que deve ser alterado:

As mudanças atendem a Política de Acessibilidade e Inclusão, que assegura atendimentos e recursos especiais para os estudantes que necessitam desses serviços.

Entre os perfis que podem solicitar os atendimentos especializados estão: pessoas com baixa visão; cegueira; visão monocular; deficiência física; deficiência auditiva; surdez; deficiência intelectual (mental); surdocegueira; dislexia; déficit de atenção; transtorno do espectro autista; discalculia; além de gestantes; lactantes; idosos e pessoas com outra condição específica. 

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

Jamille NovaesJamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.
Sair da versão mobile