Governo de SP lança Programa Jovem Aprendiz Paulista. Confira o salário e como vai funcionar

Através do seu Programa Jovem Aprendiz Paulista, o governo de São Paulo pretende beneficiar até 60 mil jovens. Lançamento foi feito na última quarta-feira, iniciativa contará com investimento milionário. Funcionamento contará com a participação do governo estadual.

Governo de SP lança Programa Jovem Aprendiz Paulista. Confira o salário e como vai funcionar
Governo de SP lança Programa Jovem Aprendiz Paulista. Confira o salário e como vai funcionar (Imagem: FDR)

Foi lançado na última quarta-feira, o Programa Jovem Aprendiz Paulista que levará emprego e capacitação para os jovens do estado. A iniciativa será coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com a Secretaria de Projetos Estratégicos.

A cerimônia de lançamento contou com a participação do governado do estado Tarcísio Freitas, do secretário de Projetos Estratégicos, Guilherme Afif Domingos e do, secretário de Desenvolvimento Econômico, Jorge Lima.

“Abrir as portas do mercado de trabalho para os jovens é muito gratificante, isso oferece responsabilidade e esperança. É um projeto que vai dar milhares de oportunidades e transformar a nossa sociedade. O Jovem Aprendiz Paulista, para mim, é o projeto que tenho mais carinho e o mais importante. Vamos mudar a trajetória de muita gente que tem talento e precisa de oportunidades”, afirmou Tarcísio.

Programa Jovem Aprendiz Paulista

O programa deve possibilitar a contratação de aprendizes por micro e pequenas empresas.

O governo estadual deve fazer um investimento de R$ 145,5 milhões para a contratação de até 60 mil estudantes da rede pública de ensino, com idade entre 14 e 18 anos.

“Num futuro muito próximo, o aprendiz de hoje poderá se tornar o empreendedor que vai assegurar novas oportunidades a outros estudantes. Afinal, toda microempresa pode e deve se tornar uma macro família”, disse o secretário de Projetos Estratégicos, Guilherme Afif Domingos.

Os aprendizes terão contrato com duração de até 24 meses e remuneração mensal de até R$ 917,59. A parte de capacitação dos aprendizes será de responsabilidade do governo estadual.

Para os empresários a contratação de aprendizes é benéfica, pois, os encargos são menores, por exemplo, o FGTS é de apenas 2%.

Empresários interessados em oferecer vagas através do programa podem se cadastrar pelo site.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a nossa editoria de Carreiras.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.