Como incluir dependentes na declaração do Imposto de Renda 2023 e receber restituição maior

O calendário de declarações do Imposto de Renda 2023 está disponível e os cidadãos tem até o dia 31 de maio para cumprir com a obrigação fiscal. O IRPF é um tributo que atinge tanto pessoas físicas como jurídicas e incide sobre a renda e ganhos obtidos durante o ano anterior.

Declaração do IMPOSTO DE RENDA ganha importante reajuste a partir de 2024
Como incluir dependentes na declaração do Imposto de Renda 2023 e receber restituição maior (Imagem: FDR)

O processo de declaração é uma obrigação legal para todas as pessoas que se enquadram nos critérios definidos pela Receita Federal. O documento exige a inclusão de todos os rendimentos recebidos em 2022, bem como das despesas dedutíveis, como as relacionadas à saúde, educação e previdência social.

Além disso, é preciso incluir a situação familiar do contribuinte, assim como o número de dependentes que possui. A inclusão de dependentes pode gerar vantagens, como a redução da base de cálculo do imposto devido. Filhos, enteados, cônjuges, companheiros, pais e avós podem ser considerados dependentes, desde que realmente precisem do contribuinte financeiramente.

Como declarar os dependentes no Imposto de Renda 2023 (passo a passo)

  1. Faça o download do programa do Imposto de Renda, utilizando a versão adequada ao ano de referência, através do site da Receita Federal.
  2. Abra o programa e selecione a opção “Nova Declaração“.
  3. Preencha os dados pessoais do contribuinte, como nome, CPF, endereço e outras informações requeridas.
  4. Na seção “Dependentes“, inclua os seguintes dados: nome completo, CPF, data de nascimento, grau de parentesco e situação escolar.
  5. Caso o dependente seja menor de idade, informe se ele tem alguma deficiência física ou mental, o que pode resultar em desconto adicional na base de cálculo do imposto.
  6. Informe os rendimentos do dependente, se houver. Se ele receber algum valor, inclua o montante recebido e o CNPJ da fonte pagadora.
  7. Caso o dependente tenha gastos com educação ou saúde, informe essas despesas na ficha correspondente e guarde os comprovantes para apresentá-los, caso seja necessário.

Ao seguir essas etapas, o contribuinte pode adicionar seus dependentes à declaração do Imposto de Renda 2023, garantindo vantagens fiscais e cumprindo suas obrigações legais perante a Receita Federal.

Ariel França
Sou produtor multimídia com mais de 10 anos de experiência. Formado em Jornalismo e pós-graduado em Direito Administrativo e Gestão Pública. Concentro-me em simplificar temas complexos, como finanças, gestão pública e administração, para torná-los acessíveis a todos os públicos. Acredito na importância de uma comunicação responsável e de alta qualidade em todas as mídias, mantendo-me atualizado constantemente para atender às demandas do mercado de forma competente.