ENEM 2023: Jovens estão muito preocupados por conta desta possível mudança

Possível mudança preocupa os jovens que pretendem participar do ENEM 2023 e concorrer a uma vaga em um curso de graduação. Exame é a principal porta de entrada no ensino superior no país atualmente, pois, sua nota pode ser utilizada em diversos processos seletivos. Entenda o porquê dessa preocupação!

ENEM 2023: Jovens estão muito preocupados por conta desta possível mudança
ENEM 2023: Jovens estão muito preocupados por conta desta possível mudança (Imagem: FDR)

Fato é que o Exame Nacional do Ensino Médio mobiliza estudantes de todo o país que desejam ingressar em cursos de graduação. Acontece que os participantes do ENEM 2023 estão preocupados com possível mudança que poderá afetar a aplicação das provas.

Mudança no Novo Ensino Médio e ENEM 2023

Um movimento se formou em busca da suspensão do Novo Ensino Médio, o que se tornou pauta para o Ministério da Educação. Esse novo modelo implantado na última etapa da educação básica tem preocupado os estudantes em todo o país.

Na última semana o Presidente Lula informou que a implementação do Novo Ensino Médio foi suspensa por 60 dias para a realização de debates sobre o assunto.

Um dos impactos da pressão feita pelas entidades estudantis e associações de especialistas foi o passo atrás dado pelo MEC quanto a mudança do ENEM, que estava prevista para o próximo ano, 2024.

Agora, o Novo ENEM segue sem data prevista para implementação ou modelo definido.

Inicialmente a prova poderia contar com mais questões e perguntas dissertativas, agora, isso é incerto.

Por que revogar o Novo Ensino Médio?

Para especialistas, o Brasil ainda precisa de uma preparação melhor para a implementação desse novo modelo.

Isso porque é necessária uma qualificação melhor para os professores destinados aos itinerários formativos, parte diversificada do Novo Ensino Médio.

Além disso, um outro ponto preocupa não só os professores e especialistas em educação, mas também os próprios alunos, a redução das aulas de conteúdos que são cobrados em provas de vestibular e até do ENEM.

Essas são as pautas que devem ser avaliadas pelo Ministério da Educação através de Grupos de Trabalho e de debates; enquanto isso, os estudantes do primeiro e segundo anos do ensino médio seguem o novo modelo.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a nossa editoria de Carreiras.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.