PIS/PASEP vai pagar novo grupo a partir de fevereiro; confira como fazer o saque

O calendário do PIS/PASEP foi compartilhado pelo Codefat (Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador) em dezembro de 2022. Mais tarde esse cronograma foi confirmado, e deve começar a valer em fevereiro deste ano. Diferente do que aconteceu no ano passado em que o calendário foi de fevereiro a março, dessa vez deve durar até julho.

PIS/PASEP vai pagar novo grupo a partir de fevereiro; confira como fazer o saque
PIS/PASEP vai pagar novo grupo a partir de fevereiro; confira como fazer o saque (Imagem: FDR)

O pagamento do abono salarial PIS/PASEP é pago todos os anos como um 14º salário para trabalhadores de baixa renda. Para receber é preciso comprovar que ganha até dois salários mínimos, e como forma de recompensa pelo ano trabalhado ganhará acesso a uma parcela extra de salário. O valor máximo a ser pago é equivalente ao piso salarial do ano, em 2023 será de R$ 1.320.

Empregadas domésticas, e aqueles que não trabalharam com carteira assinada não ganham direito ao abono salarial. Ser MEI (Micro Empreendedor Individual) como uma segunda atividade, mas atuar com carteira de trabalho assinada, não impede o recebimento desse benefício.

O Banco do Brasil vai repassar o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) para trabalhadores do setor público. E a Caixa Econômica fará o depósito em nome do PIS (Programa de Integração Social) para quem trabalha na iniciativa privada.

Quem vai receber o PIS/PASEP em 2023?

Até 2020 o cronograma de pagamento do PIS/PASEP era organizado com base nos requisitos preenchidos no ano anterior, isso significa que deveriam receber aqueles que cumpriram com as regras em 2019. No entanto, naquele ano os recursos que seriam destinados ao abono precisaram tomar um novo rumo, por isso houve uma mudança importante.

O ano base 2019 foi pago em 2021, e passou-se a pagar por dois anos atrás. Com isso, quem vai receber o PIS/PASEP em 2023 cumpriu os requisitos abaixo no ano base 2021. 

  • Ganhou até dois salários mínimos por mês;
  • Trabalhou por no mínimo 30 dias com carteira assinada;
  • Foi incluso na declaração de RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) da empresa;
  • Trabalha com carteira assinada, tendo emitido o PIS, há no mínimo cinco anos.

Calendário de pagamentos do PIS/PASEP

O mínimo a ser recebido no pagamento do PIS/PASEP será de R$ 110 por um mês de serviço, e o máximo de R$ 1.320 por doze meses. Para calcular o quanto receberá basta multiplicar por quantos meses trabalhou em 2021 por R$ 110 que é o valor mínimo.

No caso do PIS será feito o pagamento por mês de nascimento, enquanto o PASEP considera o número do benefício.

PIS

NASCIDO EM RECEBEM A PARTIR DE RECEBEM ATÉ
JANEIRO 15/02/2023 28/12/2023
FEVEREIRO 15/02/2023 28/12/2023
MARÇO 15/03/2023 28/12/2023
ABRIL 15/03/2023 28/12/2023
MAIO 17/04/2023 28/12/2023
JUNHO 17/04/2023 28/12/2023
JULHO 15/05/2023 28/12/2023
AGOSTO 15/05/2023 28/12/2023
SETEMBRO 15/06/2023 28/12/2023
OUTUBRO 15/06/2023 28/12/2023
NOVEMBRO 17/07/2023 28/12/2023
DEZEMBRO 17/07/2023 28/12/2023

PASEP

FINAL DA INSCRIÇÃO RECEBEM A PARTIR DE RECEBEM ATÉ
PARTIR DE
0 15/02/2023 28/12/2023
1 15/03/2023 28/12/2023
2 17/04/2023 28/12/2023
3 17/04/2023 28/12/2023
4 15/05/2023 28/12/2023
5 15/05/2023 28/12/2023
6 15/06/2023 28/12/2023
7 15/06/2023 28/12/2023
8 17/07/2023 28/12/2023
9 17/07/2023 28/12/2023

Como sacar o abono salarial

PIS

  • Agências da Caixa Econômica;
  • Casas lotéricas;
  • Movimentação no Caixa Tem.

PASEP

  • Agências do Banco do Brasil;
  • Agências dos Correios.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com