Vale a pena comprar carros que eram de locadoras?

Os presos incríveis de carros que são de locadoras e agora estão sendo vendidos atraem muitos compradores. Porém, muita gente fica em dúvida se a compra é um bom negócio ou acaba sendo uma furada. Pensando nisso, o FDR trouxe alguns pontos para tirar de vez essa dúvida.

Vale a pena comprar carros que eram de locadoras?
Vale a pena comprar carros que eram de locadoras? (Imagem: Montagem/FDR)

Comprar um veículo é o sonho de muitos brasileiros. Porém, com o alto preço, principalmente no último ano, essa realização pode demorar. Diante disso, ofertas de carros que já foram de locadoras atraem muitos consumidores.

Porém, um dos pontos mais questionáveis nesse tipo de negociação é se o custo/benefício é válido. É importante destacar que não se trata apenas de um veículo usado, pois as condições são totalmente diferentes.

A princípio, é possível encontrar um carro em boas condições. Porém, para isso, é necessário que esse seja submetido a vistoria. Portanto, cada caso deve ser analisado individualmente.

Na prática, a maioria das vezes os carros estão em condições muito ruins, independente do tempo de uso. Sendo assim, o FDR irá apresentar cinco motivos que mostram que a compra do veículo é uma “roubada”.

5 motivos para não comprar carros de locadoras 

Falta de cuidado

Como o usuário não é proprietário do veículo tende, em sua maioria, a não ter o cuidado necessário. Assim, os motoristas não poupam o motor, não tomam cuidado ao passar por lombadas, valetas ou buracos.

Falsas revisões 

Ao estarem nas concessionárias os veículos passam por revisões periódicas. O problema é que algumas não são feitas seguindo as recomendações do fabricante. Assim, não são realizadas trocas de peças ou utilizam produtos que não são indicados para o modelo.

Roubo de peças

É muito comum haver a substituição de peças por outras de nível inferior, deixando a funcionalidade do veículo comprometida. O catalisador é a peça favorita desses criminosos devido aos materiais nobres presentes nesse componente.

Dificuldade de revenda

Assim como a venda nas locadoras, os veículos adquiridos não são bem vistos no mercado automobilístico. Por esse motivo, mesmo com um preço inferior, é difícil conseguir repassar o carro, já que no próprio manual do proprietário aparece o registro do primeiro dono.

Preço não é tão atrativo

Mesmo sendo comercializado com um valor inferior, os veículos, geralmente, ficam na média de preços de mercado. Assim, com tantas desvantagens não faz sentido adquirir o carro, sendo que é possível encontrar outras opções melhores.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Glaucia AlvesGlaucia Alves
Formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar na equipe do FDR, produzindo conteúdo sobre finanças e carreira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência.